segunda-feira, 19 de setembro de 2005

Pré-história do Brasil

Data da chegada do homem às Américas é contestada

A arqueóloga Maria Beltrão defenderá uma tese no I Encontro Latino-americano de Arqueologia que pode mudar o consenso sobre o período da presença do homem nas Américas - atualmente fixado entre doze mil e trinta mil anos.Através da exibição no congresso de um artefato feito com osso de Paleolhama, datado em 300 mil anos, a arqueóloga sustenta que há indícios da presença do "Homo Erectus" no continente, no período entre 300 mil e um milhão de anos atrás.

Maria Beltrão sustenta sua teoria com estudos realizados no Sítio Arqueológico de Itaboraí (RJ), descoberto por ela em 1970, além de indícios coletados na Bahia, onde criou um museu.

A arqueóloga comunicará ainda outro achado: uma pintura de um tigre de dentes de sabre, pintado pelo homem pré-histórico há mais de onze mil anos na Bahia, segundo ela, com grande qualidade artística.

O I Encontro Latino-americano de Arqueologia 2005 - a Aventura Humana e Suas Manifestações Culturais acontece no Clube de Engenharia, nos dias 19 e 20 de setembro. Paralelamente será realizada a exposição: "Arte Rupestre - Brasil Central", de 19 a 24 de setembro.

As inscrições são gratuitas e podem feitas pelos telefones (0xx21) 2105-6165/6166 ou pelo e-mail elaa@clubedeengenharia.org.br

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.