segunda-feira, 12 de setembro de 2005

Múmia de 2,5 mil anos


Fotos: Reuters

Cientistas belgas estão escaneando uma múmia de 2,5 mil anos a fim de descobrir mais detalhes de sua identidade. A equipe utiliza a mesma tecnologia que foi usada para detalhar o rosto do faraó Tutankhamon.

O processo delicado ocorre no Centro do Hospital da Universidade de Liège, no leste da Bélgica.

Em maio de 2005, uma equipe de especialistas egípcios e estrangeiros conseguiu determinar as feições do rosto do lendário faraó Tutancâmon. O grupo recorreu a radiografias feitas com scanner para chegar à forma e características do rosto do faraó.

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.