terça-feira, 6 de setembro de 2005

DEFEITO

Diocese demite professora italiana considerada "sexy demais"

A professora de religião Caterina Bonci, 38, está tentando reaver seu emprego depois de ser demitida pela igreja da cidade italiana de Fano (leste italiano). Bonci diz que a razão é que ela se vestia de modo "sexy demais" fora das aulas. A igreja diz que o fato de a professora ser divorciada motivou a saída.

Bonci sustenta que é divorciada desde 2000 e nunca escondeu isso das autoridades católicas. Ela defende que se vestia de modo adequado durante as aulas e que tem o direito de escolher a roupa que desejar fora da escola. "Eu não vejo qual é o problema se uma professora é atraente ou não, desde que ela seja qualificada", declarou. Fano é uma cidade localizada na costa do mar Adriático.

Bonci afirma que se casou em 1995 e se divorciou em 2000. Segundo ela, isso nunca influenciou o seu emprego ou provocou comentários de colegas de trabalho.

"Quando uma mulher é considerada sexy demais e atraente em uma cidade pequena isso se torna um grande assunto", disse. "Eu quero o meu emprego de volta. Eu acho que é meu direito."

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.