segunda-feira, 12 de dezembro de 2005

Obras de Odorico Tavares - S.Paulo

A Galeria de Arte do Sesi abriu neste mês e exibe, até abril de 2006, a exposição "Odorico Tavares: A Minha Casa Baiana - Sonhos e Desejos de Um Colecionador". Com curadoria de Emanoel Araujo, a coleção apresenta obras reunidas durante 20 anos - entre as décadas de 1950 e 1970 - pelo jornalista, poeta e colecionador Odorico Tavares (1912-1980).

Fazem parte do acervo da mostra do Sesi obras de Cândido Portinari, José Pancetti, Di Cavalcanti, Manabu Mabe e Pablo Picasso, entre outros. A exposição conta, também, com 35 peças dos séculos 17 e 18, da imaginária religiosa barroca, e de mobiliário dos séculos 18 e 19.

De acordo com Emanoel Araujo, trata-se de uma exposição complexa pelo tamanho e que envolve quatro vertentes: A Bahia, O Colecionador, A Arte Brasileira e a Arte Internacional.

A exposição reflete o refinamento cultural do homem que, aos 29 anos de idade, assumiu os Diários Associados, grupo de empresas de comunicação de Assis Chateaubriand.

O colecionador dividia seu tempo entre o trabalho e a arte. Escrevia para a revista "O Cruzeiro" e para a coluna Rosa dos Ventos, publicada diariamente no "Diário de Notícias", e se relacionava social e pessoalmente com membros da classe artística como Jorge Amado, Wilson Lins, Carybé, Di Cavalcanti, Portinari, Rosselini, Pancetti e Carlos Lacerda.

A mostra, que iniciou roteiro expositivo nacional no Museu Oscar Niemeyer (PR), viajará, ainda, para as capitais da Bahia e de Pernambuco.

Mostra Odorico Tavares
» Onde: Galeria de Arte do Sesi
Av. Paulista, 1313 - Metrô Trianon-Masp.

» Quando: Até 30 de abril de 2006.
Terça a sábado, das 10h00 às 20h; domingo, das 10h00 às 19h00.
» Quanto: Entrada franca.
» Informações: telef (11) 3146-7405.

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.