quinta-feira, 22 de dezembro de 2005

O guerreiro da luz e seu mundo - IV

Acreditando na perseverança

O guerreiro da luz nunca esquece o velho ditado: o bom cabrito não berra.
As injustiças acontecem.Também ele de repente se vê envolvido em situações que não merecia, em momentos que não tem condições de se defender.
Nestas horas, o guerreiro fica em silêncio. Não gasta energia em palavras, porque elas não podem fazer nada; é melhor usar as forças para resistir, ter paciência e saber que Alguém está olhando. Alguém que viu o sofrimento injusto e não se conforma com isso.
Este Alguém dá ao guerreiro o que ele mais precisa:tempo. Cedo ou tarde, tudo voltará a trabalhar a seu favor.
Um guerreiro da luz é sábio; não comenta suas derrotas.
Paulo Coelho

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.