segunda-feira, 19 de dezembro de 2005

O guerreiro da luz e seu mundo - I

Acreditando em sinais

O guerreiro da luz conhece a importância da sua intuição.
No meio da batalha, ele não tem tempo para pensar nos golpes do inimigo - então usa seu instinto e obedece ao seu anjo. Nos tempos de paz, ele decifra os sinais que Deus lhe envia.
As pessoas dizem: "Está louco".
Ou então: "Vive num mundo de fantasia".
Ou ainda: "Como pode confiar em coisas que não tem lógica?"
Mas o guerreiro sabe que a intuição é o alfabeto de Deus e continua escutando o vento e falando com as estrelas.

Paulo Coelho

n.r.: e se parece poético demais alguém ser chamado de "guerreiro da luz", transforme para "uma pessoa que busca a maturidade espiritual" ou que "uma pessoa que busca por seu crescimento interior".

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.