quarta-feira, 21 de dezembro de 2005

Gravuras revelam faceta de Anita Malfatti - S.Paulo


Depois de passar décadas e décadas guardadas, matrizes de 20 gravuras da juventude de Anita Malfatti (1889-1964) atravessam longo projeto de restauração e novamente geram reproduções.

O resultado das impressões póstumas aparece pregado às paredes do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP na exposição "Anita Malfatti Gravadora: Uma Recuperação". É justamente revelar a técnica pouco conhecida dentro da obra da pintora modernista o intuito da mostra.

Uma vez impressas, as gravuras - a maior parte delas da década de 10 - deixam entrever o traço delicado em temas brasileiros (como no panorama sutil de "Paisagem com Coqueiros" e "Bahianas"). Composta a partir de duas placas, "Boneca Japonesa" mostra o cuidado com as cores que permeia sua produção em óleo.

Além das impressões póstumas, o IEB expõe seis obras de Anita que integram a coleção Mário de Andrade: três óleos ("O Homem Amarelo", "O Japonês" e "A Estudante Russa"), uma gravura e dois desenhos em pastel. Para 2006, a Editora 34 e Edusp preparam catálogo de sua obra.


Anita Malfatti Gravadora: Uma Recuperação
» Onde: IEB-USP
Av. Professor Mello Moraes, travessa 8, nº 140, Cidade Universitária

» Quando:de seg. a sex., das 14h00 às 17h00
»Quanto:entrada franca
» Informações: tel.(11) 3091-3247.
O instituto ficará fechado entre os dias 26 e 31/12

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.