sexta-feira, 27 de janeiro de 2006

Wolfgang Amadeus Mozart

Em comemoração aos 250 anos de Mozart
Viena abre as portas do museu instalado em sua antiga casa

Em 27 de janeiro de 1756 nascia Wolfgang Amadeus Mozart em Salzburgo, Áustria. São comemorados os 250 anos do nascimento do instrumentista e compositor virtuoso, que produziu uma obra gigantesca em apenas 35 anos de vida.

Batizado na Catedral de São Hupert como Johannes Chrysostomus Wolfgangus Theophilus Mozart, foi uma criança prodígio de uma família musical, que começou a compor minuetos para cravo com a idade de cinco anos. Algumas das primeiras obras que Mozart escreveu enquanto criança foram duetos e pequenas composições para dois pianos, destinadas a serem interpretadas conjuntamente com sua irmã.

Viena mostrará ao mundo como o gênio viveu em uma residência perto da catedral de São Estevão, onde se casou com Constance Weber e local em que foi realizado seu funeral, em dezembro de 1791.

De 1784 a 1787, Mozart viveu com sua família, seus empregados, um cachorro e um passarinho em um dos apartamentos da Domgasse (Rua da Catedral) número 5, um dos melhores endereços da época, lugar que ele deixou devido a uma viagem a Praga para a estréia de "Don Giovanni".

Agora, depois da transformação da construção, de quatro andares, em museu, o visitante pode ver, no seu segundo e terceiro andares, uma representação do estilo de vida daqueles tempos.

O museu tem uma superfície total de mil metros quadrados, onde atualmente são realizadas exposições e eventos culturais. Com a ajuda da União Européia, uma obra que custou 8 milhões de euros restaurou o espaço e reservou o segundo andar da construção para exposições, simpósios e outros eventos.

Embora haja móveis, roupas e utensílios da época expostos no local, praticamente nenhum pertenceu ao compositor. No entanto, dão respostas a perguntas sobre seu estilo de vida, sua família e sua forma de trabalhar, recorrendo aos meios audiovisuais modernos para isso, através de várias instalações de vídeo.

Nos 10 anos em que viveu em Viena, o compositor teve 14 endereços diferentes, e este é o único de todos eles que continua de pé. Entre os objetos apresentados na casa, se destacam documentos autênticos, como o contrato de casamento assinado por Mozart e Constance em 1782, e u testamento, de 1791, assim como os escritos que documentam sua admissão na loja maçônica "A la Beneficencia".


0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.