terça-feira, 3 de janeiro de 2006

Britânicos investigam troca de visto por sexo

O Ministério do Interior britânico diz estar apurando um suposto esquema de corrupção em que funcionários do Serviço de Imigração do país estariam concedendo vistos em troca de sexo com imigrantes mulheres.

As acusações estão na reportagem do jornal britânico The Sun e são baseadas nos relatos de um ex-funcionário da divisão chamado Anthony Pamnani.

Segundo o The Sun, Pamnani disse que funcionários do escritório da Imigração de Croydon, o principal centro de emissão de vistos do país, tinham uma preferência por mulheres brasileiras.

"Meninas brasileiras eram as mais bem tratadas. Se imigrantes brasileiros homens e mulheres vinham estender os seus vistos, o cara conseguiria um ano e a menina, dois anos, mesmo se eles tivessem papéis equivalentes. A menina só tinha que sorrir, inclinar-se para a frente e ela ficaria mais", diz Pamnani, na entrevista ao The Sun.

O secretário do Interior, Tony McNulty, afirmou que as acusações estão sendo tratadas com seriedade, mas acrescentou que tem total confiança na integridade do Serviço de Imigração.

“Tenho muita confiança de que os funcionários do setor de Nacionalidade e Imigração desempenham suas funções com profissionalismo e integridade.”

Ainda de acordo com a fonte do The Sun, mulheres feias recebem tratamento diferente da bonitas. Pamnani conta que elas eram ridicularizadas por funcionários e tinham seus pedidos negados.

Pamnani disse ainda, segundo o The Sun, que importantes controles eram ignorados, o que poderia facilitar a entrada de criminosos e terroristas no país.

O ex-funcionário disse ter deixado o emprego quando os seus superiores lhe disseram para restringir imigrantes vindos da Índia e admitir mais do Leste Europeu.


0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.