sexta-feira, 6 de janeiro de 2006

Felinos e seus ancestrais

Gatos surgiram na Ásia há 11 milhôes de anos

Uma pesquisa sobre o DNA de gatos selvagens e domésticos, publicada na revista Science, mostrou que os gatos modernos se originaram na Ásia há 11 milhões de anos.

Segundo o estudo, feito por uma equipe internacional de cientistas, os ancestrais das 37 espécies de felinos que existem atualmente migraram pelo planeta, se estabelecendo em todos os continentes, exceto na Antártida.

Oito grandes linhagens emergiram, incluindo as que levaram ao surgimento de leões, onças pintadas e gatos domésticos. O estudo, divulgado nesta quinta-feira, também diz que o gato da raça moggy é mais próximo geneticamente do gato selvagem europeu e do africano.

Em um número relativamente pequeno de migrações, os gatos se espalharam pelo mundo, quando pontes de terra ainda ligavam os continentes. Com isso, o gato doméstico tem uma maior relação genética com os gatos selvagens da África, Europa e China.

"Você pode olhar para seu gato e imaginar que em um passado evolucionário relativamente recente, ele era ligado e relacionado com espécies como o gato selvagem europeu", disse à BBC Warren Johnson, do Instituto Nacional do Câncer, em Frederick, no Estado americano de Maryland, que liderou o estudo.

"Agora temos uma idéia mais clara de onde o gato doméstico se encaixa em relação às outras 36 espécies de felinos e quais os eventos ecológicos e geográficos que levaram ao desenvolvimento de cada uma destas espécies", acrescentou o cientista.

"Por meio disso temos um entendimento melhor do que faz um gato doméstico e quais os eventos evolucionários que diferenciaram o gato doméstico de seu ancestral e quais características (do ancestral) ele mantêm hoje."

A árvore genealógica do gato é conhecida por ser obscura, em parte devido aos poucos fósseis de felinos descobertos.

A equipe internacional de pesquisadores usou um método diferente, extraindo amostras de DNA de gatos vivos. Eles examinaram o DNA da mitocôndria, órgão celular que gera energia, e o DNA dos cromossomos sexuais X e Y dos animais.

Com estas informações, os cientistas conseguiram visualizar um quadro em que um ancestral felino vagava pelo mundo todo, dando origem a um dos grupos de carnívoros mais bem sucedidos.

O gênero Panthera, que inclue o leão, jaguar, leopardo e tigre, emergiu primeiro. Em seguida, rapidamente, emergiram o grupo de três espécies de gatos asiáticas, três africanas e o que deu origem à onça pintada do Novo Mundo. Mais recentemente, outras quatro linhagens se separaram, as do lince, do puma, do leopardo e a do gato doméstico.

Os cientistas acreditam que o ancestral comum dos gatos modernos migrou para a África vindo da Ásia entre seis e oito milhões de anos atrás.

Os felinos teriam cruzado também o estreito de Bering para a América do Norte há cerca de oito milhões de anos, mais tarde se movendo para a América do Sul por meio do Panamá.


0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.