sexta-feira, 28 de outubro de 2005

São Judas Tadeu - 28 de outubro

Santo dos desesperados e aflitos

Judas Tadeu é natural da Galiléia, na Palestina, sendo filho de Alfeu (também chamado Cleófas) e Maria, que era prima de Maria, Mãe de Jesus. O nome Judas deriva de Judá, que significa Fortíssimo e Celebérrimo.

Um ponto que merece destaque na vida de São Judas é o fato de ele ter sido um dos doze apóstolos, escolhidos pessoalmente por Jesus. Desta forma, ele presenciou muitos milagres realizados por Jesus, participou da instituição da eucaristia na última ceia, testemunhou a morte, ressurreição e ascensão do Senhor.

Este glorioso apóstolo de Jesus dedicou sua vida à evangelização. Foi incansável nesta tarefa, pregando o evangelho na Mesopotâmia, Pérsia, Arábia e Iduméia, convertendo muitas almas.

Os pagãos, inconformados com a derrota, começaram a colocar o povo pagão contra os apóstolos, prendendo São Judas e São Simão e os levando ao templo do sol.

No templo, São Judas disse ao povo: "Para que fiqueis sabendo que estes ídolos que vós adorais são falsos, deles sairão os demônios e os hão de quebrar". No mesmo instante, dois demônios hediondos quebraram todo o templo e desapareceram. Indignado, o povo atirou-se contra os apóstolos furiosamente.


Estes foram martirizados de forma cruel. Era um dia claro, quando de repente escureceu todo o céu, e uma horrível tempestade de trovões e raios caiu sobre a cidade, principalmente sobre o templo, matando muitos feiticeiros.

Devido ao seu martírio, São Judas Tadeu é representado em suas imagens segurando um livro, símbolo da palavra que anunciou, e uma machadinha (ou clava ou espada ou alabarda), o instrumento de seu martírio.

No Brasil, a devoção a este santo é relativamente recente. Surgiu no início deste século, alcançando, porém, popularidade muito grande. É invocado como o santo dos desesperados e aflitos, das causas sem solução ou perdidas. Sua festa litúrgica celebra-se, todos os anos, na provável data de sua morte: 28 de outubro de 70.

n.r.: apesar de ter recebido uma formação religiosa católica não sei se a Igreja me consideraria como católica, pois acredito que a espiritualidade - aquilo que vem do espírito, da alma - normalmente confundida com espiritualismo, vai muito além das portas de qualquer igreja.

Posso dizer que conheci S.Judas ainda criança, através de uma senhora no meu colégio. Desde então S.Judas é para mim uma espécie de anjo da guarda, com quem converso e com quem tenho um relacionamento fantástico.

Não me importo, - mas já agora ficam sabendo - quando sou "associada" à religiões e filosofias. Já fui "chamada" de evangélica, macumbeira, bruxa...mesmo que nunca eu tenha conversado sobre a minha crença. Isso é mesmo interessante. Mas nunca desmenti...
Como no dia de hoje comemora-se o dia de São Judas Tadeu e como ele é um grande amigo, super bacana e companheiro, sinto-me bem em dizer que creio "nele" mas eu sei porque eu creio.
Até a noite de hoje tem festa na paróquia de São Judas Tadeu - Rua Cosme Velho - Cosme Velho, RJ

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.