segunda-feira, 15 de agosto de 2011

O encantador






Era um sonhador compulsivo, acreditava tanto em seus sonhos que conseguia seguidores que financiassem suas loucuras que duravam pouco. Havia estrelas em seus olhos, sol em sua boca e como um encantador de sonhos, também se encantava consigo próprio. Mas havia quem acreditasse... tantas estrelas e sóis saindo daquela pessoa faziam distraídos entrarem em transe.

Seu último sonho foi a contrução de uma fábrica de guarda-sóis no norte da Nova Zelândia. Foi visto no aeroporto apenas com uma malinha de mão.


4 comentários:

Maria disse...

Numa malinha de mão podem caber TODOS os sonhos...

Bom djia, Cris!
Beijinho.

Cris Caetano disse...

Pois...

Beijão, Maria

Luis Eme disse...

não precisava de mais,era o "deus sol" (ou pensava...).

beijos Cris

Cris Caetano disse...

:)

Beijos, Luis

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.