terça-feira, 9 de agosto de 2011

Marcas






E tudo o que se quer é que as marcas se mantenham invisíveis, mas há dias em que transbordam.

fonte:CacaoCocoa

2 comentários:

Webert Gomes disse...

Que se há de fazer? Arrancar a marca ou a pele? A pele é perecível, a marca não.

Cris Caetano disse...

Make-up... nada que uma boa dose de base, pó e blush não resolvam. ;)

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.