domingo, 15 de julho de 2007

Woody Allen se rende aos encantos de Barcelona

Parte do roteiro do filme de Woody Allen em Barcelona é revelado



Um trama amorosa entre um pintor, sua ex-namorada e dois turistas americanos é o eixo do enredo do filme que Woody Allen está rodando em Barcelona, onde crescem as críticas das regalias concedidas pelas autoridades ao diretor.

Segundo o jornal "El Periódico", o cineasta mudou o roteiro original no qual o ator espanhol Javir Bardem encarnava um toureiro e o transformou num pintor que tenta seduzir duas turistas americanas, interpretadas por Scarlett Johansson e Rebeca Hall.

A atriz espanhola Penélope Cruz faz o papel da ex-namorada de Bardem, uma moça muito ciumenta.

Na primeira semana o filme de Allen - que ainda não tem título - foi cercada do mais absoluto sigilo, imposto pelo cineasta ao extremo de nem sequer os atores conhecerem o roteiro definitivo. O filme entra em fase de montagem no próximo dia 23 de agosto, o último dia das filmagens.

Apesar do hermetismo, "El Periódico" divulgou neste sábado o argumento da "carta de amor a Barcelona", que Woody Allen "reescreveu por conselho de seus colaboradores catalãs".

Para evitar os tópicos habituais, os assessores aconselharam que o toureiro fosse transformado em pintor. O diretor teve que abrir mão de várias de suas idéias quase fixas, como a de querer rodar rente ao chão da rua em frente à La Pedrera de Gaudí.

Allen também não gosta de filmar a noite, mas acabou cedendo na cena do correfoc (festa de fogos de artifícios barceloneses), já que era impossível fazê-lo de dia, como pretendia o diretor.

Nos momentos de filmagens - os únicos para os quais Allen sai de seu hotel, onde reside com sua mulher, filhos e babás -, o diretor fala apenas com os atores, principalmente Scarlett Johansson, sua atual musa, "com quem gosta de brincar de vez em quando", relatou El Periódico.

Sempre com seu chapéu verde na cabeça, para se proteger do forte sol da cidade, Woody Allen e sua mulher, Soon Yi, estão hospedados com dois filhos, Brechet e Manzie Tio, em um apartamento do Hotel Arts, em que ocupa todo um andar.

Lá também está hospedado seu séquito, formado pelas babás e alguns assistentes. Quando acaba de filmar, Allen volta correndo para o hotel e não quer saber mais nada da cidade até o dia seguinte, quando volta a filmar em locais simbólicos. "Essa é sua maneira distinta de ver Barcelona", comenta o jornal.

Em entrevistas aos meios de comunicação ou cartas enviadas aos jornais, muitos cidadãos, como também muitos diretores e produtores locais, fazem críticas pelo "favoritismo" conferido ao diretor americano pelas autoridades da cidade, que fecham ruas, praças e locais turísticos para que o filme possa ser rodado.


fonte:EFE
foto:AFP

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.