quarta-feira, 8 de fevereiro de 2006

Expedição encontra ave 'extinta há cem anos'

Uma equipe internacional de cientistas anunciou ter encontrado na Indonésia um exemplar de uma ave que acreditava-se estar extinta há pelo menos cem anos.

Trata-se da Parotia berlepschi, também chamada de ave do paraíso, descrita por caçadores do século 19.

A equipe, formada por pesquisadores dos Estados Unidos, Indonésia e Austrália, realizou uma expedição na região isolada perto das Montanhas Foja na província de Papua, no leste da Indonésia, que cobre uma área de mais de um milhão de hectares de floresta.

"É como um Jardim do Éden na Terra", disse Bruce Beehler, um dos líderes da equipe.

Os cientistas afirmam que descobriram na região 20 espécies de sapos, quatro de borboletas e pelo menos cinco novos tipos de palmeira. Mas as descobertas terão que ser analisadas por outros pesquisadores antes de classificadas como novas espécies.

"Não há indícios do impacto ou presença humana nestas montanhas. Nós fomos levados de helicóptero. Não havia nem uma trilha", disse Beehler.

Segundo ele, até os dois membros de tribos da Indonésia que acompanharam os cientistas ficaram impressionados com o isolamento da área.

Uma das descobertas mais notáveis segundo os pesquisadores foi uma ave que se alimenta de mel e possui a face alaranjada - a primeira nova espécie de ave a ser vista na área em mais de 60 anos.

Também foi encontrado um mamífero da espécie Dendrolagus pulcherrimus que, acreditava-se, estava perto da extinção.

Beehler disse que algumas das criaturas encontradas pela equipe não reagiram com temor ao serem confrontadas com seres humanos. Dois equidnas de bico longo, mamíferos que botam ovo, permitiram até que cientistas os levassem para seu acampamento para estudo, acrescentou o pesquisador.

A expedição de dezembro de 2005 foi organizada pela Conservation International, sediada nos Estados Unidos, juntamente com o Instituto Indonésio de Ciências.

A equipe admite que em sua viagem de um mês não teve tempo suficiente para investigar toda a área. Beehler espera voltar ao local ainda neste ano.


0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.