quarta-feira, 15 de fevereiro de 2006

Cientistas verificam cinzas de Joana D'Arc

Uma equipe de cientistas está examinando cinzas de ossos humanos queimados expostos em um museu francês para confirmar se são da heroína do século 15, Joana D’Arc.

Philippe Charlier e sua equipe de especialistas analisarão os restos mortais, incluindo uma costela e resíduos de pele, durante seis meses.

As relíquias teriam sido encontradas na cidade de Rounen, na Normandia, onde Joana D’Arc foi queimada em 1431.

A heroína francesa, canonizada em 1920, foi condenada por heresia e bruxaria e foi queimada viva aos 19 anos de idade.

Uma equipe de cientistas está examinando cinzas de ossos humanos queimados expostos em um museu francês para confirmar se são da heroína do século 15, Joana D’Arc.

Philippe Charlier e sua equipe de especialistas analisarão os restos mortais, incluindo uma costela e resíduos de pele, durante seis meses.

As relíquias teriam sido encontradas na cidade de Rounen, na Normandia, onde Joana D’Arc foi queimada em 1431.

A heroína francesa, canonizada em 1920, foi condenada por heresia e bruxaria e foi queimada viva aos 19 anos de idade.


fonte: BBC Brasil

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.