segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Bruma






Percorro no tato caminhos tão bem conhecidos. Não há bruma que me atrapalhe, nem escuridão que me cegue.


fonte:CacacoCocoa

2 comentários:

Luis Eme disse...

quanta força e coragem, nessas palavras, também bonitas.

beijos Cris

Cris Caetano disse...

brigada, Luis.

Beijos

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.