segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Bruma






Percorro no tato caminhos tão bem conhecidos. Não há bruma que me atrapalhe, nem escuridão que me cegue.


fonte:CacacoCocoa

2 comentários:

Luis Eme disse...

quanta força e coragem, nessas palavras, também bonitas.

beijos Cris

Cris Caetano disse...

brigada, Luis.

Beijos

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.