terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Sorriso






O sorriso rasgava a sua boca tornando ridícula a sua felicidade.



fonte:Olgun Yürekler

4 comentários:

Luis Eme disse...

a felicidade não se preocupa com o ridiculo (e ainda bem...).

beijos Cris

António Rosa disse...

quando somos felizes, está tudo bem...

Cris Caetano disse...

É verdade, Luis... é como ver apaixonados, só parecem bobos perante o olhar de quem não está apaixonado. ;)

Beijos

Cris Caetano disse...

Pois é, António e sempre são momentos de felicidade, então é tirar o maior proveito deles. :)

Beijos

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.