domingo, 7 de novembro de 2010

Turn Off



Eu adoraria ser um robôzinho ou uma robôzinha loira (melhor assim) só para ter um botão para me ligar no automático, até pensar dói (exagero), mas dói tudo. Culpa de uma gripe que deixa a minha cabeça pesando uma tonelada e o corpo moído, sem contar o frio que sinto enquanto quem está ao meu lado sente calor (ui!).




A minha versão robô nem é de se jogar fora, concorda?




foto:Google

2 comentários:

salvoconduto disse...

Já estou a bater com os nós dos dedos na madeira...

Se cuida.

Cris Caetano disse...

Livra! :)

Sinto-me uma zumbi, duas noites insones.

Obrigada. Abreijos

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.