quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Dragão virgem dá à luz

Flora, um dragão de Komodo fêmea que nunca se acasalou ou mesmo conviveu com um macho, tornou-se mãe e pai de cinco filhotes, nesta semana, afirmaram cientistas britânicos na quarta-feira. Os pesquisadores anunciaram em dezembro, na revista Nature, que Flora havia fertilizado seus ovos sozinha, sem a contribuição de qualquer macho, em um processo conhecido como partenogênese ou "nascimento virgem".

"Quando o primeiro dos bebês saiu do ovo, não sabíamos se deveríamos dar uma xícara de chá para Flora ou dividir com ela um charuto", afirmou Kevin Buley, curador do zoológico Chester Zoo, na Inglaterra, onde vivem o animal e sua cria. Flora e seus filhotes passam bem.

Outras espécies de lagarto podem fertilizar seus próprios ovos por meio da partenogênese, mas Buley e sua equipe disseram que essa era a primeira vez que o processo acontecia com dragões de Comodo, os maiores lagartos do mundo. Dois ovos fertilizados continuam na incubadora do zoológico.

Os filhotes de Flora mediam entre 40 e 45 centímetros e pesavam até 125 gramas quando saíram dos ovos. Eles estão sendo mantidos em uma área especial do zoológico, com uma dieta à base de grilos e gafanhotos.

O dragão de Komodo (varanus komodoensis), como outros membros da família dos lagartos gigantes habita o planeta há centenas de séculos. Encontrado na ilha de Komodo, na Indonésia, e em algumas ilhas circunvizinhas, ele é o maior de todos os lagartos atuais. Guloso e carnívoro, come veados, macacos, cabras e porcos selvagens. Também gosta muito de carniça e é capaz de dar conta de uma carcaça inteira de búfalo. Mas o dragão-de-komodo também come animais vivos. Derruba a vítima com sua forte cauda e corta-a em pedaços com os dentes. Costuma comer primeiro a língua e as entranhas, suas partes preferidas.

No fim da estação das chuvas, a fêmea põe cerca de 25 ovos na areia. Os ovos se abrem depois de 6 a 8 semanas. Ao nascer, os dragõezinhos têm de 20 a 25 cm de comprimento. Existem outras espécies de lagartos gigantes, como o lagarto do deserto, que é um animal terrestre, e o lagarto do Nilo, que é um anfíbio. Vivem na África, sul da Ásia, Indonésia e Austrália. Variam muito de tamanho. O menor deles apresenta apenas 20 cm de comprimento.



fonte:Reuters e Saúde Animal

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.