quarta-feira, 18 de agosto de 2010

O último amor






Não preciso de te gritar. O silêncio do meu olhar diz-te tudo. Da saudade que te tenho e já não sentes. Do beijo que ficou por dar e que me queima. Do abraço que me envolve e me rasga. Do amor que fizemos, sem idade.
Não preciso de te ter. O silêncio da ausência diz-me tudo. Das tuas mãos no meu corpo e sei que não mentes. Do rio que corre entre nós e que teima. Da maré que ainda somos e que nos rasga. Do amor que fazemos, porque é verdade...


Maria in O Cheiro da Ilha
foto:Martin Filip

2 comentários:

Maria disse...

Ôxente....
Chegou depressa a esse lado de lá :)))

Beijoca.

Cris Caetano disse...

Eu nem avisei pra causar surpresa... hehehe :)

Beijocas

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.