terça-feira, 6 de setembro de 2011

Do Amor





Eu o amava. não com esse amor de carne, de querer tocá-lo e possuí-lo e saber coisas de dentro dele. Era um amor diferente, quase assim feito uma segurança de sabê-lo sempre ali.

Caio Fernando Abreu

6 comentários:

Luis Eme disse...

há mais que um amor, felizmente...

beijos Cris

Cris Caetano disse...

Sem dúvida, Luis

Beijos

Georgia disse...

Amar sem posses, sem domínio...

A Vanessa tá ficando louca com os teus emails, ahahahhahah.

Nao exagera, rs.

Bjao

Cris Caetano disse...

hahahaha tá, Vanessa até me chamou de malvada... hahaha
Mas ela já descobriu, dei uma leve pistinha e ela acertou! :)))

Beijão

Georgia disse...

Mulher inteligente é fogo, rs!


Bjao

Cris Caetano disse...

Benza Deus! ;)

Beijão, Ge!

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.