domingo, 29 de maio de 2011

Só por um momento






Foi tão bom, mas foi só por um momento
Cego santo envolvimento que o destino me aprontou
Sublinhou num traço de papel que a razão só se escondeu
Pra que o amor pudesse entrar traiçoeiro devagar
Demorei pra perceber, foi meu próprio coração
Que ele usou pra deitar e adormecer

Mas o tempo apagou, guardou você
E outra vez duvidei, paguei pra ver
Nuvem que passou, passou
Foi só um momento encantado
Que eu tirei do passado
E abracei com ternura

Foi só um momento encantado
Que eu tirei do passado
E abracei com ternura


0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.