quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Prêmio Jabuti

Prêmio Jabuti divulga vencedores de sua 49ª edição


A Câmara Brasileira do Livro divulgou os vencedores do 49º Prêmio Jabuti. São 20 categorias. A apuração foi realizada nesta terça-feira.

"Desengano", de Carlos Nascimento Silva, ficou com o primeiro lugar entre os romances. O livro conta a história de duas famílias de classe média no Rio de Janeiro da década de 50. O destaque fica para o encontro de Júlia, viúva, e Beto, 17 anos, amigo de infância de seus filhos.

Em segundo lugar ficou "Vista Parcial da Noite", de Luiz Ruffato, seguido por "Pelo Fundo da Agulha", de Antonio Torres.

Na categoria reportagem, a vitória foi de Eliane Brum, com "A Vida que Ninguém Vê". O livro reúne crônicas-reportagens publicadas no jornal "Zero Hora". O segundo lugar foi para "O Nome da Morte", de Klester Cavalcanti, e a terceira posição ficou com "Políticos do Brasil", de Fernando Rodrigues. Em contos e crônicas, a vitória foi de Ferreira Gullar, com "Resmungos".

Para cada modalidade houve três jurados. Ao todo, foram inscritos 2.052 livros neste ano para a premiação.

A cerimônia de premiação do Prêmio Jabuti 2007 será na Sala São Paulo da estação Júlio Prestes, no dia 31 de outubro.

Confira abaixo a lista de vencedores nas principais categorias. A lista completa pode ser acessada no site da CBL (cbl.org.br).

Romance

1. "Desengano" - Carlos Nascimento Silva - Agir Editora
2. "Vista Parcial da Noite" - Luiz Ruffato - editora Record
3. "Pelo Fundo da Agulha" - Antonio Torres - editora Record

Reportagem

1. "A Vida que Ninguém Vê" - Eliane Brum - Arquipélago Editorial
2. "O Nome da Morte" - Klester Cavalcanti - Planeta do Brasil
3. "Políticos do Brasil" - Fernando Rodrigues - Publifolha

Biografia

1. "Anita Malfatti - Biografia e Estudo da Obra" - Marta Rossetti Batista - editora 34
2. "O Inimigo do Rei: Uma Biografia de José de Alencar ou A Mirabolante Aventura de um Romancista que Colecionava Desafetos, Azucrinava D. Pedro 2º e Acabou Inventando o Brasil" - Lira Neto - Editora Globo
3. "Paulo Freire: Uma História de Vida" - Ana Maria Araújo Freire - Villa das Letras Editora

Poesia

1. "Cantigas do Falso Alfonso El Sabio" - Affonso Ávila - Ateliê Editorial
2. "Cântico para Soraya" - Neide Archanjo - A Girafa Editora
3. "Raro Mar" - Armando Freitas Filho - Companhia das Letras

Homenagem póstuma em poesia: "A Imitação do Amanhecer" - Bruno Tolentino - editora Globo

Contos e Crônicas

1. "Resmungos" - Ferreira Gullar - Imprensa Oficial do Estado de São Paulo
2. "A Casa da Minha Vó e Outros Contos Exóticos" - Artur Oscar Lopes
3. "O Volume do Silêncio" - João Anzanello Carrascoza - Cosac Naify

Infantil

1. "Lampião e Lancelote" - Fernando Vilela - Cosac Naify
2. "João por um Fio" - Roger Mello - Companhia das Letras
3. "Felpo Filva" - Eva Furnari - Editora Moderna

Juvenil

1. "Adeus Conto de Fadas" - Leonardo Brasiliense
2. "Ciumento de Carteirinha" - Moacyr Scliar - Editora Ática
3. Empate: "Alice no Espelho" - Laura Bergallo - Laura Bergallo / "O Melhor Time do Mundo" - Jorge Viveiros De Castro - Cosac Naify



fonte:Folha Online

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.