sexta-feira, 2 de junho de 2006

E daí?

Árvores versus telão


"Vinte e oito árvores são retiradas do vale do Anhangabaú, no centro de São Paulo, para não atrapalhar a visão do telão que vai mostrar os jogos da Copa do Mundo."

Não sei se já sinto um certo enfado por determinados assuntos. Esta situação ridícula que se vê na imagem acima, pode estar acontecendo em qualquer outra cidade brasileira nesta altura em que começam os preparativos para o início da Copa do Mundo.

Cheguei a um ponto - de alguma insanidade, óbvia - em que meu pensamento automaticamente me dá respostas como se ouvisse as pessoas que resolveram por esta prática(?) solução. Destas e de muitas outras que estarão ali usufruindo das maravilhosas e grandiosas imagens no telão. Seria algo do tipo, "que é que tem?" ou "depois planta tudo de novo!". Talvez as palavras possam ser um pouco diferentes das minhas frases mentais, mas a essência é a mesma.

Neste momento, me veio a idéia que devo estar sendo histérica, ou concluir logo que esse meu péssimo estado de ânimo não tem volta. Pois é do conhecimento de qualquer um que vive neste país, que índios brasileiros vendem árvores de suas reservas, contribuindo para o desmatamento. Então, mais coisa menos coisa semelhante, não é para se estranhar, ou é?! Como é possível que eu ainda consiga ficar tão indignada com a estupidez humana?

Não sei! Só sei que ainda não consegui me acostumar.

n.r.: antes que lancem pensamentos malévolos à minha pessoa, porque a dor que sinto constantemente na coluna já é suficiente, afirmo! A-fir-mo-mo, que não tenho nada contra a Copa do Mundo, e contra o futebol. Sou a favor da prática de esportes, qualquer que ele seja. O terror acontece quando dois acontecimentos como, ano de eleições e Copa do Mundo se unem no mesmo ano. Essa união pode ser uma catástrofe apocalítica. Apenas isso...


fonte: Folha Imagem, Rogério Cassimiro

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.