terça-feira, 25 de junho de 2013

Se tanto me dói que as coisas passem






Se tanto me dói que as coisas passem
É porque cada instante em mim foi vivo
Na busca de um bem definitivo
Em que as coisas de amor se eternizassem



Sophia de Mello Breyner Andresen

2 comentários:

Luis Eme disse...

sim.

adoro as palavras da Sophia...)

beijos Cris

Cris Caetano disse...

Eu também, muito! :)

Beijos, Luis

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.