sábado, 2 de março de 2013

Eu estou lá hoje!



Queria muito estar em Portugal hoje, ser mais uma na multidão para mostrar que ninguém aguenta mais ver seus direitos, conquistados após o 25 de abril, escorrerem pelo ralo, pela total incapacidade de um governo administrar um país. 


Há famílias passando fome, pessoas se suicidando por não terem condições de honrar com seus compromissos. Bora lutar por um Portugal melhor. Não nasci lá, mas é a terra da minha família e dos meus amigos, e me importo com o que pessoas inescrupulosas fazem com Portugal.





Por Joaquim Pessoa

Em DIA DE MANIFESTAÇÃO deste povo, manifesto-me também com este texto que dedico ao senhor primeiro-ministro:

Estás assustado até aos ossos: Ou melhor, amedrontado.
Com alma tão visível e indicativa como um sinal de trânsito. Ouvi-te a dizer idiotices com uma alegria de chapéu de palha, saíam-te da boca animaizinhos domésticos de plástico, tudo falso, tudo feio, tudo inútil, tudo muito tu, espelho desse temperamento de poça de água, irritante fungo que se alastra e que obriga a coçar até fazer ferida.
Tens medo mas não sabes dizer de quê. Provavelmente de ti, das tuas violentas incapacidades, da mediocridade que se pune a si mesma, da indiferença de um ser que não cria memória, mas apenas lembrança.
De ti poderia poderia esperar tudo, mas tudo o que tens para dar é curto, é pífio, é pimba, é pobre. Por esse tudo, acredita, não é nem razoável nem legítimo esperar alguma coisa em que valha a pena investir uns cêntimos de esperança.
O mais dramático é que não sabes sequer do que estou a falar, o que me leva a perguntar se não serás ininputável. Com toda essa pobreza de espírito, se for verdade o que Cristo afirmou, terás lugar reservado no reino dos céus, o que é para mim muito aborrecido, pois obriga-me a dispensar, no céu, o lugar que eventualmente me possa ser destinado.
Tenho, assim, garantidos dois infernos. Um onde tenho de viver com a tua presença, e outro para onde terei de fugir para a evitar.



n.e.: Hoje manifesto-me sentada no sofá, o que é uma pena.

2 comentários:

Maria disse...

A este post eu chamo de 'post solidário'!!!
Afinal somos todos iguais em todo o Mundo!

Beijinho, Cris.

Cris Caetano disse...

:)

Beijinhos, Maria

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.