quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Amizade Virtual



Resolvi publicar um texto que recebi de presente de uma amiga, a Déia, que por enquanto é uma amiga virtual, mas sinceramente na minha cabeça, ou melhor dizendo, em meus sentimentos, a única palavra amiga é que se encaixa perfeitamente. Tenho amigas reais que antes foram virtuais. Uma irmã de coração, a Rogéria, a Regina, que é minha vizinha e conheci através do Nuvens e uma outra que é frequentadora assídua do Nuvens, a Maria, que vive em Portugal e eu tive o prazer de encontrar pessoalmente - e que bom que nem eu ou ela tivemos algum receio em nos conhecermos. Foi um dos melhores dias que passei em Portugal na viagem que fiz em 2010, uma viagem pra lá de conturbada. O almoço que tive com ela e outra amiga, a Ana, foi um momento especial.


Texto de Rosana Corrêa

"Amigos virtuais: companheiros de viagem ou seres imaginários?

Vivemos uma nova era. Um novo tempo. Grandes transformações acontecem em todas as áreas da sociedade e nas relações humanas. A evolução tecnológica tem muito a ver com as mudanças. E, é dentro deste contexto que surge as amizades virtuais. O que traz á tona debates e opiniões convergentes e divergentes sobre o assunto. Afinal, amizade virtual existe?

Como frequentadora assídua de Redes Sociais, passei a pensar bastante sobre o assunto e a refletir sobre as opiniões que ouço.


Alguém disse outro dia, que amigos virtuais são seres imaginários, opinião que respeito, mas que discordo totalmente. Seres imaginários são frutos de mentes esquizofrênicas ou de usuários de alucinógenos. Pessoas adultas saudáveis, dentro do que é possível ser saudável na sociedade contemporânea, sabem que o virtual é uma porta que se abre para uma convivência maior. O que se procura captar no ciberespaço é uma parte da essência das pessoas que convivemos, são os pontos em comuns que nos unem; as ideias e ideais que podem nos aproximar ou não.

Negar que amizades virtuais podem contribuir e no crescimento de que as mantém é uma atitude retrógrada. Imagino, que quando Graham Bell criou o telefone, os seus contemporâneos de ideias ultrapassadas, achavam que do outro lado da linha havia seres imaginários, também! O novo sempre traz medo! Algo compreensível! Pessoas com o mínimo de bom senso se adaptam ao seu tempo. Se o nosso tempo nos permite primeiro conhecer parte da essência, antes do abraço ou aperto de mão devemos usufruir deste benefício.

Nenhum aparelho tecnológico, por mais avançado que seja, altera o caráter e a personalidade de um homem. Pessoas de bom caráter são o que são, onde quer que estejam. Uma questão de índole, de essência! Já fui surpreendida com atitudes de pessoas que conheci de vida inteira, que me deixaram espantada. Não estou falando de erros corriqueiros, não, mas atitudes dignas de psicopatas.

Conhecer pessoalmente alguém, não significa conhecê-lo em sua totalidade. O "Eu" é intocável! É inatingível! Ás vezes penso que pode acontecer de uma pessoa fugir das convivências virtuais por medo e ao seu lado estar alguém com uma mente doentia, ainda não percebida que um dia irá se manifestar. Não há garantias quando o ser em questão é o bicho homem. Surpresas podem vir tanto no real ou quanto no virtual. “Coração dos outros é terra estranha.”

Confiança é conquistada com o tempo, mas se por acaso você depositar confiança em alguém no real ou virtual e se decepcionar, não se culpe, porque pessoas de bom caráter julgam o mundo por elas e por essa razão, podem muitas vezes cometer enganos. Isso faz parte do Show da vida. Que não vivamos temendo o semelhante tal qual aos lobos, sem motivos reais que requerem precaução, pois a vida só tem sentido se vivida em comunidade e em comum união.

Não tenha vergonha de admitir que têm amigos virtuais, porque há uma parte de pessoas na sociedade, que rotula este tipo de comportamento como incapacidade de manter relacionamentos no real ou fuga da realidade. Cada um sabe de suas escolhas e o que busca pelos caminhos que percorre. Não se justifique nunca por ser quem é, e, por suas escolhas. Ouça sempre as opiniões, mas tenha bem nítido em sua mente que a principal opinião sobre sua vida e você, vem de você mesmo, pois os outros são os outros.

Reme com sua nau! E boa viagem pelos mares da vida!"

n.e.: Vale acrescentar que as amigas mencionadas não são as únicas por quem tenho um imenso carinho, e há também amigos. Alguns também se tornaram reais e outros são, por enquanto virtuais. Mera retórica, já que a palavra amigo é a única que cabe em meu coração.







4 comentários:

Ro E Va Monteiro disse...

Adorei *-*

Já conheci algumas amigas virtuais e quero muito conhecer outras!!

Parece uma magica! ;-) Já ate sonhei com umas rs

é uma amizade boa!



Saúde,paz


Ro

Cris Caetano disse...

rsrsrs Adoro!

Beijos, Ro

Luis Eme disse...

és uma quérida.

beijos Cris

Cris Caetano disse...

E tu, um querido. :)

beijos, Luis

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.