sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Cartas






Hoje joquei fora uma infinidade de cartas que não mandei.
Em nenhuma havia palavras bonitas.
Em todas haviam dor e reclamação.
Do que calei.
Havia lágrimas que engoli.
E outras que rolaram rosto baixo.
Tristeza não foi feita pra ser guardada.
E sim, esquecida.

2 comentários:

salvoconduto disse...

Assim sendo o melhor é "rasgá-las" logo na altura.

Abreijos.

Cris Caetano disse...

Sem dúvida...

Abreijos

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.