sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Odoyá Iemanjá!

Salve, Salve, Iemanjá!


Não podia deixar de prestar homenagem. Levei flores e miminhos à Iemanjá e tive a sorte de chegar à praia no momento exato. Pude celebrar e inclusive bebi vinho com o grupo de Umbanda que me convidou a participar. Good vibes para começar um ano ímpar!














Feliz 2011 mais uma vez!!!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Feliz 2011!!!





Quero desejar a todos, amigas, amigos e aos que passam de vez em quando no meu Nuvens, um Feliz Ano Novo.

Independentemente de sabermos que nada se altera do último minuto de 2010 para o minuto seguinte de 2011, um ano inteiro revela surpresas, sempre, no nosso dia-a-dia. Portanto não adianta nada olharmos pra trás e ficarmos pensando naquilo que não foi feito ou naquilo que foi perdido, o próximo ano é outro dos muitos que virão a seguir. Então há tempo para sermos felizes, tornamos os outros felizes vivendo um dia de cada vez, com amor e responsabilidade e desde que tenhamos saúde e boa vontade o que se deseja vai sendo construído aos poucos.



FELIZ 2011!!!



segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Me deixa em paz!






A palavra doía no pensamento e escorria pelas mãos enquanto o copo de vinho quebrava sangrando os dedos.



imagem:Olgun Yürekler

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Rede Social







Não se enganem, estou em férias, mas como o filme está gerando curiosidade, resolvi falar sobre ele.

Assisti ao filme Rede Social, dirigido por David Fincher (de Seven e Clube da Luta), e conta a estória da criação do Facebook pelos amigos Mark Zuckerberg e Eduardo Saverin. O filme se baseia no livro Bilionários Por Acaso, de Ben Mezrich.

A Rede Social tem como pano de fundo a Universidade de Harvard em 2003. Mark Zuckerberg (Jesse Eisemberg) é um estudante que acaba de levar um fora da namorada e se vinga destruindo a reputação dela através de um post no seu blog, ao mesmo tempo, cria com seu único amigo, o programador brasileiro Eduardo Saverin (Andrew Garfield) um aplicativo batizado de Facemash, cujo objetivo é criar uma disputa da beleza das universitárias de Harvard. O acesso ao aplicativo é tão grande (22 mil pessoas em menos de 4 horas) que a rede da Universidade dá pane.

A minha maior curiosidade estava diretamente relacionada ao fato deste filme ter sido indicado para o Globo de Ouro e porque muito provavelmente também será indicado ao Oscar. Mas sai da sessão sem entender o porquê das indicações.

Achei interessante (muito longe de ser um bom filme) e temo que pareça mais interessante para quem tem uma conta no Facebook do que para as demais pessoas que não têm.

É inevitável fazer uma análise, mesmo que bastante superficial, sobre a personalidade de Mark (o criador do Facebook). Ele é um nerd e um gênio, que rouba a idéia de um trio de estudantes de Harvard, e cria um fenômeno chamado The Facebook (hoje, a maior rede social do planeta com mais de 500 milhões de usuários), que posteriormente, por idéia do criador da Napster, Sean Parker (Justin Timberlake), é chamado apenas de Facebook.



Mark, como todo gênio, é arrogante e essa arrogância dá o toque de humor que o filme necessita ou seria bastante maçante. Além disso, Mark é mimado, vingativo, ganancioso e trapaceiro. Não concordei, e quem estava comigo tampouco, quando a advogada de Mark diz que ele "não é um babaca, mas se esforça pra ser". Ele É um babaca (jerk ou idiota)! Mas não contarei mais nada porque quem passa por aqui pode não ter visto o filme.

Se você gosta de estar atualizado sobre o que acontece na net e tem curiosidade pelo surgimento do fenômeno Facebook, vale a pena ver o filme, mas não acho que o tema vire horas de papo numa conversa de amigos num bar.

"O grande objetivo a ser alcançado é o status concedido pela inovação. Afinal de contas, como um dos alunos de Harvard diz no decorrer do filme, "ganhar dinheiro não impressiona aqui". Mark quer mais e, para tanto, está disposto a tudo. A Rede Social é, na verdade, um filme sobre a busca por este objetivo. Mais do que criar um sucesso comercial e ganhar muito dinheiro, Mark queria algo que lhe concedesse a "imortalidade", o colocasse no panteão da informática. Um patamar similar ao de Bill Gates, citado como exemplo. O grande pecado do filme é tentar justificar esta busca através de um olhar romântico, como revela sua cena final. Por mais que seja viável, soa de certa forma exagerado." (Francisco Russo in Adoro Cinema)


N.e.: E eu estava em dúvida se dava a minha opinião no melhor estilo "teoria da conspiração", mas lá vai: como não achei um grande filme e em nenhum momento o filme retrata sobre quanto e como o Facebook pode influenciar a sociedade (aliás, passa sutilmente sobre a questão "status do relacionamento" quando a namorada de Eduardo questiona por este ainda estar "solteiro" no Facebook), nem é esse o objetivo do filme. Portanto, acredito que é uma grande jogada de marketing induzir a curiosidade das pessoas, que ainda não têm conta na rede, sobre o fenômeno Facebook e não me admiro nada, se após o filme, o número de contas no Facebook tiver um aumento considerável, o que pode enriquecer ainda mais o ganancioso Mark.



fonte:Euzinha
imagem: Google

domingo, 19 de dezembro de 2010

Feliz Natal Volume 2!



Minha amiga Georgia, do blog Saia Justa, deu a idéia de fazermos cartões de Natal.

Indicou o link, eu fiz tudo direitinho (ou pelo menos pensei) e não consegui salvar as fotos. Desesperada, gritei pela Georgia, que fez os cartões pra mim. Não sabemos bem porque mas a resolução das minhas fotos nos cartões não ficou uma Brastemp, mas não faz mal...



FELIIIIIIIIIIZ NATAAAAAAAAAL!!!









E o chato do YouTube não permite a incorporação de um vídeo, mas é tão fofo, mas tão fofo, que segue abaixo o link.


http://www.youtube.com/watch?v=9_lywxhWZ9w



quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL!

E que 2011 seja o melhor ano de nossas vidas!


Desejo a todos, amigas, amigos e a quem passar por aqui, um FELIZ NATAL, com muita harmonia, amor, comidinhas gostosas e guloseimas deliciosas.





E é inevitável que eu faça um balanço de 2010, e sem dúvida alguma só posso dizer que amigos são o bem mais precioso que alguém pode ter. Precisei muito neste ano que está quase chegando ao fim, de colo, de afeto, que me puxassem pra cima e só não caí porque eu tenho junto de mim amigos que me amam de verdade, e isso me conforta totalmente. Amadureci da pior maneira possível, sofrendo muito, fui obrigada a ver a pior face de um ser humano. E acabou, a última notícia não podia ser pior, mas finalmente acabou. Mas acho que a vida é isso mesmo, e se tive que passar pelo pior para ter certeza do amor de outros, valeu a pena.


Tirarei umas mini-férias a partir da próxima semana e só volto ao Nuvens após o Reveillon. Quem quiser me achar é so dar um pulinho na praia, estarei lá trabalhando meu bronze.




Alma Ferida





A alma está ferida,
Dilacerada pela carne,
Cortada pela raiva contida,
Brinquedos de fome.

A essência insconsciente iluminada,
Não dá luz ao boneco manipulado,
Daí o corte se dar na fonte, maculada.
Desejar o bem ao inimigo é um fardo.

Mas se queres uma alma limpa,
Saudável e em expansão,
Há de se ter esta expressão.

Dir-se-ia pura bobagem de tampa,
Perdoar a quem lhe fere o coração,
Sangra então a alma, e cria a sua estampa.



Cristiano Melo in Braços Abertos
foto:Anke Merzbach

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Preguiça







É sempre igual, chega nessa época do ano e sinto um cansaço de um ano inteiro percorrido, quilômetros e mais quilômetros vividos, sempre intensamente que me causam cansaço mental.



fonte:CacaoCocoa

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

...





"Como se recupera sua vida antiga...
como é que se continua...
quando em seu coração você começa a entender
que não há volta...
Há certas coisas que o tempo não pode consertar...
...alguns machucados que vão tão fundo
que serão eternos."
(O Senhor dos Anéis)




fonte:Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei
foto:Spigana

Bolha de sabão





E eram tão frágeis quanto uma bolha de sabão...



fonte:CacaoCocoa

Bom djia, djia!



domingo, 12 de dezembro de 2010

sábado, 11 de dezembro de 2010

Desânimo





Eu sinto que estou um bocadinho desanimada. A gente é espetada com uma notícia, junta uma coisa daqui e outra de bem acolá e monta uma história que adoraria que fosse alguma nóia, mas não é e abateu-se assim sobre mim um certo desânimo.

Para ser mesmo muito franca, estou enojada e isso me causa desânimo. Então não confundir desânimo com tristeza ou depressão, "uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa", também não deixei de sorrir, mas eu percebo pelo meu ritmo. Habitualmente tenho energia pra fazer mil coisas diferentes e ando sem pachorra pra fazer metade do que é habitual, imagina o resto. Estou lenta, e é culpa desse desânimo, mas vai passar assim que eu conseguir tirar os "macaquinhos do sótão" (ou melhor, deixar de me importar com eles, porque o assunto já não me diz mais respeito).



sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Se joga que hoje é sexta!



Sou D'Oxum






Nessa cidade todo mundo é d’Oxum
Homem, menino, menina, mulher
Toda essa gente irradia magia

Presente na água doce
Presente na água salgada
E toda cidade brilha

Presente na água doce
Presente na água salgada
E toda cidade brilha

Seja tenente ou filho de pescador
Ou um importante desembargador
Se der presente é tudo uma coisa só

A força que mora n’água
Não faz distinçao de cor
E toda cidade é d’Oxum

A força que mora n’água
Não faz distinção de cor
E toda cidade é d’Oxum

É d’Oxum, é d’Oxum




Feminina, sensual, ingênua, dócil e infantil, desejosa de curar, ajudar e cuidar dos fracos. Afetividade, familiaridade, concordância, maternidade, altruísmo.

OXUM representa a mãe da criação que toma conta dos filhos dos outros em gestação e até o décimo sexto dia de nascimento. Diz-se que ela é provedora, atende às necessidades dos outros e que portanto, merece o reconhecimento dado a uma mãe.

OXUM entidade é muito imponente, delicada, graciosa, geralmente bonita. Não se zangam com facilidade. Não gostam de brigas. Não sabem recusar. Adoram crianças pequenas. Algumas são ambiciosas, adoram o luxo, o conforto e a riqueza, julgam que para vencer na vida consiste em usar seus encantos para conseguir o que querem. Mas também tem seu lado intrigante, hipócrita, mentirosa, interesseira.

Segunda mulher de Xangô, deusa do ouro, da riqueza e do amor.

À OXUM pertence o ventre da mulher e ao mesmo tempo controla a fecundidade, por isso as crianças lhe pertencem. Dona da água doce, gosta de usar colares, jóias, brincos de ouro e tudo que se relaciona com a vaidade, flores, etc.

Orixá das águas doces é a própria Vênus. Por um lado é a moça faceira e sedutora, por outro preside os mistérios femininos, a maternidade, a magia, profundezas da imaginação, a riqueza, crescimento e a fecundidade.

OXUM a estrela, mostrando sua luz na imensa escuridão da mente humana.

OXUM, a senhora das águas doces, e de parte das águas do mar, é a aiabá da beleza, da fertilidade, da feminilidade e do charme.

Poderosa rainha que conquistou o coração de XANGÔ também de BARÁ, ou OGUM, recebendo o nome de ÁPARA sendo muito semelhante com IANSÃ.

Dona de uma elegância e de uma astúcia surpreendente.

Dama da mais alta hierarquia. Foi ela que criou a galinha da angola, ave que por ter o corpo pintado e ostentar um osu na cabeça é tido como feito - iniciado - . Entidade da medicina curativa, madrinha da procriação e da gestação que toma sob sua proteção todos os seres humanos desde a concepção até que comecem a andar e adquirir conhecimento. Evita abortos e complicações durante a gravidez.

OBÁ tem muito ciúme e raiva de OXUM, a ninfa das cascatas, e ódio mortal da relação que XANGÔ mantem com a charmosa senhora dos rios, ribeirões e lagos límpidos.

A esperta OXUM foi junto com IANSÃ a causadora do aleijão de OBÁ, quando ludibriada perdeu a orelha esquerda.

Pela tradição nos terreiros, não se pode deixar dançar perto uma da outra.

OXUM é a água que produz todas as qualidades de som, esposa rica de XANGÔ, a senhora do Ijexá. A graciosa rainha, cuja idés de ouro imitavam o burburinho das cascatas. Ela se vestia de ouro e de bronze, tinha dentes belos e era muito elegante e esperta. Seu canto era lindo.

OXUM meticulosa cozinheira. Vaidosa, maternal, sensual, esposa mais rica do rei de Oió.

n.e.: Oxum, no sincretismo religioso, é Nossa Senhora da Conceição, e seu dia é 8 de dezembro.






quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Atalhos






É muito triste saber de pessoas que se perdem pela estrada da vida. Gente que acredita que optar por atalhos lhes levarão a um final feliz. Antecipadamente sabe-se que não, mas é impossível fazê-las enxergar perante a arrogância de sua cegueira. Há quem aprenda com seus erros e há os que vivem repetidamente os mesmos.


foto:Olgun Yürekler

Bora fugir?



Esfolada






Esfolo a pele dos cantos duros, calejados de dor e melancolias repetitivas.







foto:Olgun Yürekler

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

All that she wants




fonte:

Desigualdade na educação 'é calcanhar de Aquiles do Brasil', diz jornal






Uma análise publicada nesta quarta-feira pelo jornal francês Le Monde afirma que as desigualdades no sistema educacional são o "calcanhar de Aquiles do Brasil".

Intitulado "As desigualdades da educação, calcanhar de Aquiles do Brasil", o artigo repercute o resultado de um levantamento da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que coloca o nível educacional do Brasil no mesmo nível de Trinidad e Tobago.

"Elogiado por seus inúmeros progressos nos campos econômico e social, o Brasil permanece estagnado em uma área crucial: a educação", diz o texto.

A análise nota que o país conseguiu "praticamente vencer" o analfabetismo entre os mais jovens, mas "continua a castigar um em cada dez brasileiros de 15 a 17 anos". "Na prática, a escolarização não é universal."

Para o jornal francês, "o marasmo brasileiro é resultado em parte da democratização do ensino promovida nos anos 1990. O afluxo de milhões de novas crianças levou a uma queda no nível de ensino, acentuada pela rejeição a expulsar os piores estudantes de das escolas".

"A mediocridade do ensino público está no centro do problema", diz o texto, segundo o qual "os professores são mal formados e mal pagos". "Muitos têm pouca bagagem escolar e experiência", afirma o Monde.

Além disso, "a estrutura federal do Brasil – em três escalões – agrava esses fenômenos" ao criar mais burocracia e abrir espaço para a corrupção no setor.

"Assim se perpetua, com algumas exceções, um ensino de base em dois níveis: público, gratuito, muitas vezes em estado de calamidade, para as crianças das famílias pobres; privado, pago, de bom nível, para os filhos das famílias abastadas, mais bem preparados para o vestibular e gozar do terceiro ciclo e dos centros de pesquisa financiados com dinheiro público", descreve o vespertino francês.

O jornal avalia que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ensaiou algumas ações, "reais, embora tardias e insuficientes". Exemplo disso é o orçamento da saúde, que "tem crescido, mas permanece muito longe, em termos per capita, dos níveis do Chile ou a Argentina", lista o artigo.

"O Brasil tomou consciência do seu calcanhar de Aquiles diante de uma dupla urgência, econômica e social. De um lado, seu forte crescimento obriga à formação da mão-de-obra qualificada que lhe falta, sob pena de perder competitividade. De outro, uma classe média em plena ascensão reivindica seu direito ao conhecimento, chave de um futuro melhor", avalia o vespertino francês.

"Esta dupla necessidade deveria incitar a presidente eleita, Dilma Rousseff, a prolongar o ciclo virtuoso que mal começou a ser esboçado sob o governo de seu predecessor."


. . .



E "vencer o analfabetismo" é muito relativo e só para dar um exemplo do que é "vencer o analfabetismo" temos o Deputado "Tiririca" que não é analfabeto absoluto. E seguindo a lógica concluo que está todo mundo muito satisfeito com a educação no Brasil, mesmo sendo como ela é.

Quando eu falo... mas ninguém me leva a sério...


Das vantagens de ser bobo



Não confundir bobo com burro!


terça-feira, 7 de dezembro de 2010

I can see clearly now




Frase da semana




Palavras até me conquistam temporariamente, mas atitudes me ganham ou me perdem para sempre.










fonte:Famous Phrases

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Aquele





Aquele que o meu coração ama
ergueu-se do meu leito e nele esqueceu
as repetidas promessas de um regresso
em que aos meus olhos ensinaria
a única maneira de esconder
o prenúncio de invisíveis desertos

aquele que o meu coração ama
afogou em noites de leite e mel
o rasto dos oásis que
teciam a sede do desejo no meu peito
e bebeu neles as horas de um destino que
me acenava de muito longe

aquele que o meu coração ama
partiu às cegas sem descobrir
as húmidas palavras que se espalham
à sombra dos ciprestes
contando os minutos que faltam
para a vertigem do corpo onde o aguardo



Alice Vieira
foto:CacaoCocoa

A song for you



Bom djia, djia!


domingo, 5 de dezembro de 2010

O Piano



Um dos filmes mais lindos que assisti. A melancolia e a beleza se fundem na perfeição.





Boa semana!




sábado, 4 de dezembro de 2010

Afogamento






O que faço dos sonhos que sonhamos juntos? Afogo-os no mar, no rio ou afogo a lembrança deles?


fonte:CacaoCocoa

n.e.:este post foi programado

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Lentamente






Lentamente me ponho ao caminho, deixando para trás alguns amores. Vejo o tempo correr à velocidade do relógio ou da lua. Sabes que nunca te deixarei sozinho, e que farei minhas as tuas dores. Respiro fundo, os cheiros entranham-me e sou tua. Quem sabe de nós senão o tempo do verbo amar... por isso te quero assim, talvez para me aconchegar...



fonte:Maria in O Cheiro da Ilha
foto: So Woods

Chapeaux Décoiffants













fonte:So Woods

Rindo muito





Eu fiz um filme, mas não posso contar. Há imagens que dizem muito.




fonte:Google

Se joga que hoje é sexta!







Pureza






Meu coração é tão bom (desculpe-me se pareço pretenciosa) que custo a enxergar a sua maldade. Não pense que sou pouco inteligente, apenas e felizmente, tenho pureza em minhas emoções.



fonte:CacaoCocoa

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Antes que seja tarde






olha, não sou daqui
me diga onde estou
não há tempo não há nada
que me faça ser quem sou
mas sem parar pra pensar
sigo estradas, sigo pistas pra me achar

nunca sei o que se passa
com as manias do lugar
porque sempre parto antes que comece a gostar
de ser igual, qualquer um
me sentir mais uma peça no final
cometendo um erro bobo, decimal

na verdade continuo sob a mesma condição
distraindo a verdade, enganando o coração

pelas minhas trilhas você perde a direção
não há placa nem pessoas informando aonde vão
penso outra vez estou sem meus amigos
e retomo a porta aberta dos perigos

na verdade continuo sob a mesma condição
distraindo a verdade, enganando o coração

na verdade continuo sob a mesma condição



(Eu colocaria alguns verbos no pretérito imperfeito)

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

AeroDilma

Governo negocia opções para comprar Aerodilma



O Aerodilma, versão com maior autonomia do que o Aerolula, pode voar antes do esperado. Além do avião de reabastecimento com área VIP que a FAB está negociando, o Planalto estuda também comprar uma versão executiva do Airbus-A340.


O modelo poderia ser entregue entre em até um ano e meio se for novo, ou menos, se for usado. Já a versão que também é avião-tanque demoraria até três anos para chegar ao país.

A Folha revelou ontem que o governo quer trocar o Aerolula, a versão executiva do Airbus-319 comprada em 2005 pelo equivalente a R$ 98 milhões hoje. O avião tem relativamente baixa autonomia --não pode ligar Brasília a todas as capitais europeias sem escala, por exemplo.

A decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é deixar o negócio pronto para que a sucessora, Dilma Rousseff, não tenha que arcar com o desgaste do gasto público em um cenário geral de contenção de despesas.




. . .


Mas alguém vai arcar com esse custo...quando eu falo... eu canto as pedras, mas ninguém acredita em mim.




fonte:Folha Online

Sonhando acordada





Deixa-me assim... enquanto isso sonho contigo...



fonte:CacacoCocoa

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.