quarta-feira, 30 de junho de 2010

1 ano sem Pina Bausch



No dia 30 de junho de 2009, morria a alemã Pina Bausch, vítima de câncer. O Tanztheater de Wuppertal, companhia fundada pela coreógrafa, cuida do legado de Bausch com projetos e turnês dentro e fora do país.

Durante várias décadas, o trabalho de Pina Bausch foi possivelmente o bem cultural melhor exportado pela Alemanha.

Passados 12 meses da morte da coreógrafa, os fundamentos de seu trabalho continuam rendendo frutos através das atividades do Tanztheater de Wuppertal, companhia fundada por Bausch na cidade onde viveu e trabalhou até sua morte.

Até o ano de 2013, vigoram os contratos assinados pela coreógrafa ainda em vida. Logo após sua morte, tanto a prefeitura de Wuppertal quanto o governo do estado da Renânia do Norte-Vestfália asseguraram juntos um financiamento fixo para o Tanztheater em torno de três milhões de euros anuais.

Um montante que deverá ser mantido, independente da crise econômica. Pelo que tudo indica, as dificuldades por que passam muitos dos teatros estatais na Alemanha não atinge a companhia fundada por Bausch.




Mais sobre Pina Bausch, aqui.



fonte:UOL

Bom djia, djia!!!


fonte:i can read

I'm too sexy



terça-feira, 29 de junho de 2010

E a Espanha permanece...






Eu vi, você viu, todo mundo viu: Villa chutou umas trezentas vezes subindo pela esquerda sem que um, unzinho sequer o marcasse e o gol saiu. E depois desse gol a Espanha não conseguiu marcar mais nenhum.

Além disso, Ronaldo foi escalado para jogar... eu não o vi.

E alguém disse: o mundo não acabou; pois não, menos ainda a Copa do Mundo que continua até o dia 11 de julho.



foto: O Globo

Já sei namorar!



Amor






Amar é fácil. Difícil é cuidar do amor. O amor é exigente. Pede provas a todo o instante.

Não tolera um descuido. Um silêncio ou uma palavra fora do lugar.

Amar é fácil. Difícil é cuidar do amor.

É preciso dar muita atenção ao vento.


Maria José Quintela
foto:Anke Merzbach

segunda-feira, 28 de junho de 2010

A song for you, for all



Meu querido Michael Bublé. Como canta...


BRASIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIL!!!







E o que tiver que ser será, porque eu já não digo mais nada. O chopp com a galera está garantido, é a minha única certeza.

domingo, 27 de junho de 2010

Recomeço



Vamos lá ver se consigo me organizar, porque depois de variados estados de ânimo, acho que é o momento de reorganizar esse meu Nuvens.

Hoje olhei para a primeira página desse meu bloguinho que tanto amo e achei que ele parecia um diário mal arrumado. Então...


Primeiro passo: não ter pressa.





Segundo passo: procurar por coisas que realmente me interessam.





Terceiro e último passo: postar.





Brincadeirinha... foi a forma que encontrei de dizer: Voltei!




fonte:CacaoCocoa e I can read

sábado, 26 de junho de 2010

sexta-feira, 25 de junho de 2010

quinta-feira, 24 de junho de 2010

BRASIL X PORTUGAL

É amanhã...





E vou torcer por um empate.

Partilha






Essa é a minha cara.


fonte:i can read

quarta-feira, 23 de junho de 2010

BIBÓ SÃO JOÃO


Hey!






fonte:i can read

Sarah Mclachlan



Como eu gosto da voz desta menina...




Shap, shap






Apenas isso: shap, shap! Tem coisa mais deliciosa?


fonte:i can read

terça-feira, 22 de junho de 2010

Simplesmente Clarice






Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
- E daí? Eu adoro voar!

. . .


Mas eu diria: "Eu acredito que posso voar!"



Clarice Lispector

My Immortal





fonte:Bruno

Faces






Quantas faces você tem?
Tenho a da alegria, a da tristeza, a da raiva, a inchada quando atacada pela alergia, a do amuo quando faço bico, a da felicidade que rasga o sorriso de orelha a orelha.
Não disfarço, tenho várias, variáveis e transparentes.
Não sou de lua, nem de fases, tenho faces.


fonte:CacaoCocoa

segunda-feira, 21 de junho de 2010

A favor do jornalismo, sempre



Comportamento triste e desnecessário.



Amor escondido



Embora Fagner apareça pouco por aqui, ainda é, desde a minha adolescência, um dos meus cantores e compositores preferidos.

Aliás, na adolescência nutria uma paixão assolapada por ele.





Quando se tem um amor escondido
Querendo aflorar
É se guardar um rio perdido
Que não encontra o mar
Mas brilha tanto cada sorriso
E brilha mais que o olhar
Quando o desejo é claro e preciso
Quem pode ocultar
Tento esquecer te digo baixinho
Não sei se vou voltar
Mas nada prende mais que um carinho
Já vou te procurar
Vai pensamento voa no vento
Vai bem depressa corre pra lá
Conta pra ela meu sofrimento
Diga pra me esperar
Se passo o dia sem seu carinho
Me sinto sufocar
Pássaro mudo longe do ninho
Sem força pra voar




Luz






Um dia não só observarei seu esplendor, mas também serei parte dela.

fonte:CacaoCocoa

Emergir




Emergindo. De águas ainda turvas porém mais claras.


fonte:CacaoCocoa

domingo, 20 de junho de 2010

Ouvindo por aí...






"Pergunte a alguém do setor de latrocínio, por favor"
(De um funcionário de um supermercado para um cliente que procurava um determinado tipo de queijo)


fonte:Revista O Globo

Vento no litoral



Ternura




...Nesta curva tão terna e lancinante
que vai ser que já é o teu desaparecimento
digo-te adeus
e como um adolescente
tropeço de ternura
...por ti

Alexandre O'Neil


fonte:CacaoCocoa

BRASIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIILLLL!!!!!

OLHA O GOOOOL, GOOOOOOOOOOOOOOOOOLLL!!!

Que coisa linda é uma partida de futebol... bem jogada.

Mas eu quero colocar o nome do árbitro francês na boca do sapo. Ah, quero!!!

BRAAAAAAAAAAAAAAAASIIIIIIIIIIIIIIIIIILLLLL!!!!





sábado, 19 de junho de 2010

É amanhã....

BRASIL X COSTA DO MARFIM


Vou torcer muito e sofrer muito.







sexta-feira, 18 de junho de 2010

José Saramago



Passei o dia inteiro refletindo se devia postar sobre sua morte e me decidi por não postar. Mas assistindo o jornal pela TV ouvi que a sua avó disse o seguinte: "O mundo é tão bonito e eu tenho tanta pena de morrer." E fica aqui minha homenagem.





Se joga!

É sexta, gente boa!




E Domingo lá vou eu torcer, com os dois pés atrás para o Brasil. Agora, digo mesmo... se o Brasil não for à final nessa Copa eu vou ficar muito, mas muito chateada mesmo.



terça-feira, 15 de junho de 2010

O resultado do jogo do Brasil






Foi muito interessante ouvir depois do jogo terminar, que Dunga não gostou do jogo. Ele me deixou sem palavras.

fonte:TV Globo

É HOJE!

BRASIL X COREIA DO NORTE


segunda-feira, 14 de junho de 2010

Aviso aos navegantes do Nuvens



Não sei se meu novo avatar, esse aí ao lado com o chapéuzinho com as cores do Brasil durará a Copa toda. Motivo: sempre que eu deixo um comentário e aparece meu avatar começo a rir.


domingo, 13 de junho de 2010

Brasil, ziu, ziu!






Agora sim estou pronta para a Copa, troquei a foto do perfil. A careta é por conta de não sair gargalhando na foto enquanto eu experimentava o chapéuzinho que estava comprando. Sim, claro que comprei.

Rumo ao Hexa!!! (Sendo hiper, super, mega otimista). Torcendo sempre!


sexta-feira, 11 de junho de 2010

Vai um chorinho?



Eu já tinha fechado a loja, mas uma amiga me apresentou esse grupo e me apaixonei. Roda de Choro de Lisboa.


Roda de Choro de Lisboa - Noites Cariocas (Jacob do Bandolim)

Roda de Choro de Lisboa | MySpace Video


fonte:Luas de Mim

Copa do Mundo 2010



A música oficial da Copa gravada pelo Skank é a do segundo vídeo, mas para quem é brasileiro e principalmente mora fora do Brasil, a música que mexe com nosso coração verde e amarelo é a do vídeo abaixo. Brasil, ziu, ziu, ziiiiiiiiu!!!







Se joga que hoje é sexta!






domingo, 6 de junho de 2010

E eu ia tão bem...




...mas as emoções estão num vai e vem danado de esquisito.

E depois de uma certa estabilidade difícil de alcançar, eis que de repente tudo muda. E lá vou eu recomeçar de novo.

Motivo? Claro, sempre tem. E como esse Nuvens é pura emoção, acho melhor ficar de bem com as minhas próprias primeiro antes de falar de qualquer outra. Então vou parar um bocadinho.

A Copa está quase aí e provavelmente vou dar pitaco sobre a dita cuja, mas agora... lá vou eu (saindo de fininho).

Até qualquer dia.


fonte:CacaoCocoa

sábado, 5 de junho de 2010

Contra a prepotência dos ricos

Daniel Cohn-Bendit




fonte:Alexandrina

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Se joga que hoje é sexta!





Em ritmo de feriadão, permitam-me ser ainda mais romântica que o habitual?

Joguem-se porque hoje é sexta, mas joguem-se sempre em bons amores. Cuidem de um sentimento que é tão bonito respeitando sempre o amor que outros sentem porque amar é divino.


quarta-feira, 2 de junho de 2010

Pausa

Amanhã é feriado




A imagem é um bocado solarenta para o frio que anda fazendo no Rio de Janeiro depois da chegada de uma frente fria acompanhada de uma massa polar (acho que foi assim que a menina do tempo falou).

O mais correto seria eu procurar uma imagem que além da água de coco também tivesse um cachecol, mas como a busca seria inglória, achei uma imagem que demonstra bem como eu passo o outono/inverno, aliás como os meus pés passam o outono/inverno: Havaiana e meia. Os pés não ficam sexy, mas ficam quentinhos e confortáveis.



Bom feriado a todas e todos.




imagens: Google

Histórias






Estou sem inspiração mesmo. Larguei há meses o gosto pela escrita por esse motivo mas também confesso que nem ao menos tentei voltar à escrita por total falta de vontade. Ontem, assim do nada, veio uma idéiazinha na cabeça e empolgada comecei a escrever achando que terminava um conto que escrevi há uns meses e novamente fiquei olhando para o monitor porque o final tinha cara de continuação e meu objetivo era outro e mais uma vez, travei.

É incrível como a vida pessoal pode influenciar na imaginação. E eu achava que ter mil coisas para pensar levavam a grandes criações... baaaah, nada disso, uma cabeça vazia sem conexões com qualquer acontecimento viaja muito mais facilmente. Mas eu chego lá, hoje quase saiu o final da história.

E a imagem é uma tentativa de encontrar minha fonte inspiradora: a fantasia.


fonte:FFFOUND!

Bom dia!





Como num romance
O homem dos meus sonhos
Me apareceu no dancing
Era mais um
Só que num relance
Os seus olhos me chuparam
Feito um zoom
Ele me comia
Com aqueles olhos
De comer fotografia
Eu disse cheese
E de close em close
Fui perdendo a pose
E até sorri, feliz

E voltou
Me ofereceu um drinque
Me chamou de anjo azul
Minha visão
Foi desde então ficando flou

Como no cinema
Me mandava às vezes
Uma rosa e um poema
Foco de luz
Eu, feito uma gema
Me desmilingüindo toda
Ao som do blues
Abusou do scoth
Disse que meu corpo
Era só dele aquela noite
Eu disse please
Xale no decote
Disparei com as faces
Rubras e febris

E voltou
No derradeiro show
Com dez poemas e um buquê
Eu disse adeus
Já vou com os meus
Numa turnê
Como amar esposa
Disse que agora
Só me amava como esposa
Não como star
Me amassou as rosas
Me queimou as fotos
Me beijou no altar
Nunca mais romance
Nunca mais cinema
Nunca mais drinque no dancing
Nunca mais cheese
Nunca uma espelunca
Uma rosa nunca
Nunca mais feliz

Nunca mais romance
Nunca mais cinema
Nunca mais drinque no dancing
Nunca mais cheese
Nunca uma espelunca
Uma rosa nunca
Nunca mais feliz



terça-feira, 1 de junho de 2010

O que eu não gosto




A minha cabeça dá voltas. E procurando por poesias, achei posts antigos do Nuvens, lindos, que falavam de coisas que gosto. E como eu gosto de coisas bonitas...

E reparei que nunca expus o que eu não gosto. E me dei conta que o que eu não gosto é em sua maioria muito feio. É muito mais fácil e mais prazeroso falar do que gostamos, sem sombra de dúvida.




Mentira



Arrogância



Grosseria



Preconceito (todos)



Opressão



Tripas à moda do Porto (gosto do feijão, mas a tripa parece toalha molhada)



Vinho tinto verde (que já tomei para me poupar de um aborrecimento)






imagens: Google

Eu e Einstein






Foi bom descobrir essa sintonia com Albert.



fonte:i can read

Today is another day

Think about that...





Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.