sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Lentamente






Lentamente me ponho ao caminho, deixando para trás alguns amores. Vejo o tempo correr à velocidade do relógio ou da lua. Sabes que nunca te deixarei sozinho, e que farei minhas as tuas dores. Respiro fundo, os cheiros entranham-me e sou tua. Quem sabe de nós senão o tempo do verbo amar... por isso te quero assim, talvez para me aconchegar...



fonte:Maria in O Cheiro da Ilha
foto: So Woods

2 comentários:

Maria disse...

Ôxe...
Beijinho, Cris.

Cris Caetano disse...

Surprise, surprise... :D

Beijinhos

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.