quarta-feira, 30 de junho de 2010

1 ano sem Pina Bausch



No dia 30 de junho de 2009, morria a alemã Pina Bausch, vítima de câncer. O Tanztheater de Wuppertal, companhia fundada pela coreógrafa, cuida do legado de Bausch com projetos e turnês dentro e fora do país.

Durante várias décadas, o trabalho de Pina Bausch foi possivelmente o bem cultural melhor exportado pela Alemanha.

Passados 12 meses da morte da coreógrafa, os fundamentos de seu trabalho continuam rendendo frutos através das atividades do Tanztheater de Wuppertal, companhia fundada por Bausch na cidade onde viveu e trabalhou até sua morte.

Até o ano de 2013, vigoram os contratos assinados pela coreógrafa ainda em vida. Logo após sua morte, tanto a prefeitura de Wuppertal quanto o governo do estado da Renânia do Norte-Vestfália asseguraram juntos um financiamento fixo para o Tanztheater em torno de três milhões de euros anuais.

Um montante que deverá ser mantido, independente da crise econômica. Pelo que tudo indica, as dificuldades por que passam muitos dos teatros estatais na Alemanha não atinge a companhia fundada por Bausch.




Mais sobre Pina Bausch, aqui.



fonte:UOL

2 comentários:

Luis Eme disse...

é bom saber disso.

ainda há quem compreenda a importância da cultura para a sociedade...

bjs Cris

Cris Caetano disse...

Sim, exatamente. É bom saber que o trabalho dela continua.

Beijos, Luis

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.