quinta-feira, 8 de abril de 2010

O governo do Estado decretou 3 dias de luto

Que luto?





A chuva que castigou o Rio de Janeiro trouxe tragédias para a população e muitas incertezas para o duelo que pode definir a liderança do Grupo 8 da Libertadores. Flamengo e Universidad de Chile se programaram para jogar às 21h50m (horário de Brasília) de quarta-feira, no Maracanã, que sofreu alagamentos no gramado, vestiários e túneis. Depois de idas e vindas, o Governador Sergio Cabral autorizou a realização da partida no estádio e os dois times se enfrentam às 16h desta quinta-feira.



Para isso acontecer, uma guerra política foi travada em meio ao caos que tomou conta do Rio de Janeiro. A chuva dividiu opiniões ao longo dos dois últimos dias. De um lado, Flamengo, La U e Conmebol foram a favor da realização do jogo de qualquer maneira. Do outro, a secretária de Esporte e Lazer, Márcia Lins, foi contra e tomou decisões sem comunicar os clubes. No fim das contas, prevaleceu o interesse dos líderes do Grupo 8 e o fato de o Maracanã já ter condições de receber a partida.



. . .


Um contingente imenso da Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) foi deslocado para o local e em tempo recorde (durante a noite e madrugada de hoje) limparam o interior do Maracanã e nesse momento máquinas limpam a entrada alagada e cheia de lama do estádio para ter condições dos adeptos dos times assistirem ao jogo. Enquanto isso, Niterói ainda desaba, equipes de resgates tentam encontrar pessoas (vivas ou mortas) em terrenos encharcados, a população chora a perda de seu patrimônio conseguido com muito sacrifício e de seus entes queridos, e as ruas do Rio de Janeiro ainda estão cheias de lama. O acesso ao túnel Rebouças nesta manhã foi fechado pela impossibilidade de se passar pela Rua Borges de Medeiros que continua alagada.

NOTA ZERO para o Estado e para a Prefeitura, que acabaram por permitir e recuso-me a dar qualquer nota para os dois clubes de futebol. Repulsivo!


fonte:Globo Esporte

4 comentários:

Maria disse...

Pode ser que joguem sem espectadores... era o que eu faria.

Um beijo

Cris Caetano disse...

Pode ser... eu não vou à jogos de futebol e se tivesse o hábito de ir, não iria em protesto. E sou flamenguista.

Beijos

salvoconduto disse...

Como diria o Jô Soares, eu quero aplaudir...

Abreijos.

Cris Caetano disse...

E como eu sinto falta dos programas antigos do Jô, meu amigo.

Abreijos

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.