terça-feira, 28 de julho de 2009

Há fadista

E já que o Duarte mencionou a Carminho (eu já a tinha ouvido mas não sabia seu nome), vem a propósito este post. Mariza e Carminho têm estilos diferentes, e são duas vozes lindas cantando o fado e escolhi "A Bia da Mouraria", e "Maria Lisboa" na voz de Mariza, mas fiquei em dúvida se colocava Mariza cantando "Barco Negro", mas optei por algo mais ligeiro, ainda aproveito pra dizer que não entendo de estilos de fado, mesmo que perceba a diferença entre as duas. Apenas gosto.



Lá vai a Bia que arranjou um par jeitoso,
É vendedor como ela ali para o em Formoso.
São dois amores, duas vidas tão singelas,
Enquanto ela vende flores o Chico vende cautelas.

Na Mouraria só falam do namorico
A Bia namora o Chico, as conversas são iguais.
Ai qualquer dia, Deus queira que isto não mude
Que a Senhora da Saúde vai ser pequena de mais.

O casamento já tem data marcada
Embora qualquer dos noivos tenha pouco mais que nada.
Vai ter a Bia, a festa que ela deseja,
Irá toda a Mouraria ver o casório na igreja.




É varina, usa chinela,
Tem movimentos de gata

Na canastra, a caravela,
No coração, a fragata
Na canastra, a caravela,
No coração, a fragata

Em vez de corvos no xaile
Gaivotas vêm poisar

Quando o vento a leva ao baile,
Baila no baile com o mar
Quando o vento a leva ao baile
Baila no baile com o mar

É de conchas o vestido
Tem algas na cabeleira

E nas veias o latido
Do motor duma traineira
E nas veias o latido
Do motor duma traineira

Vende sonho e maresia,
Tempestades apregoa,
Seu nome próprio - Maria,
Seu apelido - Lisboa
Seu nome próprio - Maria
Seu apelido* - Lisboa



A música portuguesa me traz recordações de outros tempos e pessoas queridas (algumas que já nem estão por aqui) e me emociono sempre.

* Apelido em Portugal é o mesmo que sobrenome no Brasil.


fonte:YouTube

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.