sábado, 11 de abril de 2009

Dia de festa



Estou chegando de uma festa em família, aniversário de tia, irmã de mãe e foi bacana rever primas que só vejo umas duas vezes por ano, conhecer senhorinhas amigas da tia que também as outras tias e mamãe conheciam mas não eu, e como têm mulheres na minha família... caramba!

Fiquei me imaginando daqui há muitos anos comemorando aniversários com as amigas e nós todas sentadinhas, alegrinhas, descoladíssimas lembrando bobagens da juventude.

Uma prima está de viagem marcada pra Montreal com o marido indo fazer nova faculdade e ele mestrado, e me deu saudades do passado, muito bem passado vivido longe do Brasil.

E a pequerrucha? Ai, a pequerrucha loirinha de olhos verdes escuros é uma paixão. Adoro crianças e acho que elas sabem disso, não acho que a pequerrucha se lembre de mim mesmo tendo estado há poucos meses com ela e de termos brincarmos às gargalhadas, ela ainda não tem 3 anos, mas ver aquele sorrisinho e olhares me olhando desde que chegou e me chamando pra abrir o pacote de bijoux que a avó ganhou pra colocar nela, me derreteu.

Não tive filhos, o lufa-lufa e a inconstância da minha vida me freiaram e também não os vejo na linha da minha mão, mas amo mesmo. Benditas as crianças desse mundo e ter família grande é muito bom. Coisa boa!

Páscoa é união... interessante o acaso da vida.

n.r.: pois é, eu só voltava na segunda, mas não resisti.


fonte:Euzinha

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.