segunda-feira, 23 de março de 2009

Dos States

Empresa americana lança perucas para cães


Meu Sasha, meu amado cãozinho para quem não sabe, graças a boa sorte nasceu como qualquer cocker spaniel da raça: orelhas caídas, peludas, tipo cabelão comprido. Seu topete, corto repicado num estilo que chamo de punk, e Sasha A-DO-RA a palavra bonito, que digo à ele depois de uma aparada quinzenal no tal topete. Se tivesse nascido careca, assim continuaria até o fim de seus dias, amadíssimo como sempre.

A notícia que vocês lerão a seguir fala de perucas que estão sendo vendidas como acessórios para cães que têm tudo. Tudo o quê, cara-pálida? Alguém perguntou ao cachorrinho se ele é feliz com tudo o que tem e se está enfadado de ter tudo e ele respondeu? Obviamente, não. Então sugiro que a peruca seja obrigatoriamente feita do cabelo de seus donos, já que pra mim essa interatividade seria bem mais interessante. Mas o que eu penso a eles não interessa, portanto vamos à notícia.

A atitude dos animais leva os donos a comprarem as perucas... e meus longos cabelos loiros tremulam na minha cabeça tentando fazer meu cérebro perceber o que a atitude de um cachorro - um au-au mais longo talvez - tem a ver com o uso de uma peruca.

. . .


Uma empresa na Califórnia criou um novo produto para o mercado de acessórios para animais de estimação: as perucas para cães.

As perucas foram criadas em 2007 para um desfile de cães, e os acessórios receberam tantos pedidos que as empresárias Jenny e Crissy Slaughter decidiram começar a produzir as perucas em maior escala.

Cada peruca custa, em média, US$ 30 (cerca de R$ 69). Atualmente, elas já são vendidas em seis países, e outras empresas americanas passaram a produzir acessórios semelhantes para cães e gatos.

As primeiras perucas foram inspiradas nos cabelos de celebridades como Paris Hilton e a modelo Bettie Page. Atualmente, a empresa conta com mais modelos, que incluem uma peruca afro e outras coloridas.

Em entrevista à BBC Brasil, Jenny Slaughter, uma das proprietárias da Total Diva Pets, admite que - apesar do sucesso - algumas pessoas consideram as perucas "tolas" e "desnecessárias".

"Sabemos que animais não precisam de perucas, mas são acessórios divertidos para cachorros que já têm tudo", afirma.

Mercado

O mercado de acessórios para animais de estimação vem crescendo de maneira significativa. Marcas famosas como Gucci, Burberry e Louis Vuitton já dedicaram coleções especiais a essa nova moda.

Além das perucas, acessórios como sapatos, óculos de sol, coleiras customizadas e roupas também estão disponíveis para os animais de estimação.

No Brasil, dados de 2007 da Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação (Anfal Pet) indicam que o segmento da indústria e do comércio de produtos para animais de estimação - que inclui medicamentos, alimentos, acessórios e serviços - movimentou US$ 4 bilhões.

Desse total, a contribuição de acessórios e equipamentos foi de US$ 215 milhões.

Segundo Slaughter, os donos acabam comprando mercadorias que "combinam com a atitude dos animais".


fonte:BBC Brasil

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.