domingo, 27 de abril de 2008

Afastamento

Vou ficar alguns dias afastada do blog e dos comentários. Quando voltar, aviso. Beijos a todas e todos.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Salve São Jorge

23 de abril de 2008


São Jorge é o santo patrono da Inglaterra, Portugal, Geórgia, Catalunha, Lituânia e da cidade de Moscou, além de ser padroeiro dos escoteiros e do S.C Corinthians Paulista. No dia 23 de Abril comemora-se seu martírio, e nesse dia para algumas das religiões afro-brasileiras é o dia de São Jorge no Brasil, dia em que se faz homenagens ao santo guerreiro.



Hiatória
De acordo com a lenda, Jorge teria nascido na antiga Capadócia, região da atual Turquia. Ainda criança, mudou-se para a Palestina com sua mãe após seu pai morrer em batalha. Sua mãe, ela própria originária da Palestina, possuía muitos bens e o educou com esmero. Ao atingir a adolescência, Jorge entrou para a carreira das armas, por ser a que mais satisfazia à sua natural índole combativa. Logo foi promovido a capitão do exército romano devido a sua dedicação e habilidade - qualidades que levaram o imperador a lhe conferir o título de conde da Capadócia. Aos 23 anos passou a residir na corte imperial em Roma, exercendo a função de Tribuno Militar.

Neste tempo sua mãe faleceu e ele, tomando grande parte nas riquezas que lhe ficaram, foi-se para a corte do Imperador. Vendo, Jorge, que urdia tanta crueldade contra os cristãos, parecendo-lhe ser aquele tempo conveniente para alcançar a verdadeira salvação, distribuiu com diligência toda a riqueza que tinha aos pobres.

O imperador Diocleciano tinha planos de matar todos os cristãos e no dia marcado para o senado confirmar o decreto imperial, Jorge levantou-se no meio da reunião declarando-se espantado com aquela decisão, e afirmou que os os ídolos adorados nos templos pagãos eram falsos deuses.

Todos ficaram atônitos ao ouvirem estas palavras de um membro da suprema corte romana, defendendo com grande ousadia a fé em Jesus Cristo. Indagado por um cônsul sobre a origem dessa ousadia, Jorge prontamente respondeu-lhe que era por causa da Verdade. O tal cônsul, não satisfeito, quis saber: "O que é a Verdade?". Jorge respondeu-lhe: "A Verdade é meu Senhor Jesus Cristo, a quem vós perseguis, e eu sou servo de meu redentor Jesus Cristo, e Nele confiado me pus no meio de vós para dar testemunho da Verdade."

Como Jorge mantinha-se fiel ao cristianismo, o imperador tentou fazê-lo desistir da fé torturando-o de vários modos. E, após cada tortura, era levado perante o imperador, que lhe perguntava se renegaria a Jesus para adorar os ídolos. Todavia, Jorge reafirmava sua fé, tendo seu martírio aos poucos ganhado notoriedade e muitos romanos tomado as dores daquele jovem soldado, inclusive a mulher do imperador, que se converteu ao cristianismo. Finalmente, Diocleciano, não tendo êxito, mandou degolá-lo no dia 23 de abril de 303, segundo a tradição católica, em Nicomédia (Ásia Menor).

Os restos mortais de São Jorge foram transportados para Lida (Antiga Dióspolis), cidade em que crescera com sua mãe. Lá ele foi sepultado, e mais tarde o imperador cristão Constantino, mandou erguer suntuoso oratório aberto aos fiéis para que a devoção ao santo fosse espalhada por todo o Oriente.

Pelo século V, já havia cinco igrejas em Constantinopla dedicadas a São Jorge. Só no Egito, nos primeiros séculos após sua morte, construíram-se quatro igrejas e quarenta conventos dedicados ao mártir. Na Armênia, em Bizâncio, no Estreito de Bósforo na Grécia, São Jorge era inscrito entre os maiores santos da Igreja Católica.

Sincretismo religioso
Na Umbanda, no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo São Jorge é identificado com Ogum.



Divindade masculina iorubá, figura que se repete em todas as formas mais conhecidas da mitologia universal. Ogum é o arquétipo do guerreiro. A relação de Ogum com os militares (é considerado o protetor de todos os guerreiros) tanto vem do sincretismo realizado com São Jorge, sempre associado às forças armadas, como da sua figura de comandante supremo iorubá.

Ogum, portanto, é aquele que gosta de iniciar as conquistas mas não sente prazer em descansar sobre os resultados delas, ao mesmo tempo é figura imparcial, com a capacidade de calmamente exercer (executar) a justiça ditada por Xangô. É muito mais paixão do que razão: aos amigos, tudo, inclusive o doloroso perdão: aos inimigos, a cólera mais implacável, a sanha destruidora mais forte.

Ogum é o deus do ferro, a divindade que brande a espada e forja o ferro, transformando-o no instrumento de luta. Assim seu poder vai-se expandindo para além da luta, sendo o padroeiro de todos os que manejam ferramentas: ferreiros, barbeiros, tatuadores, e, hoje em dia, mecânicos, motoristas de caminhões e maquinistas de trem. É, por extensão o Orixá que cuida dos conhecimentos práticos, sendo o patrono da tecnologia. Do conhecimento da guerra para o da prática: tal conexão continua válida para nós, pois também na sociedade ocidental a maior parte das inovações tecnológicas vem justamente das pesquisas armamentistas, sendo posteriormente incorporada à produção de objetos de consumo civil, o que é particularmente notável na industria automobilística, de computação e da aviação.

. . .


Acho que vivermos nos dias de hoje no meio de tanta violência, faz de nós todos, guerreiros. Em algumas fases de nossas vidas lutamos com certos "demônios", então de alguma forma, trazemos um São Jorge dentro de nós.


fonte:Wikipedia e PortoWeb

segunda-feira, 21 de abril de 2008

E James Bond ficou a pé

Carro de James Bond cai em lago na Itália


O carro do agente 007, James Bond, sofreu um grande acidente neste domingo na Itália durante as filmagens do último longa-metragem da série, "Quantum of Solace".

O Aston Martin DBS, que custa cerca de R$ 450 mil, estava sendo dirigido pelo engenheiro Fraser Dunn, de 29 anos, quando derrapou, saiu da pista e caiu dentro das águas geladas do lago Garda.

O carro ficou bastante danificado, mas após conseguir sair do carro e nadar para a superfície, o motorista sofreu apenas algumas lesões superficiais.

Em uma entrevista ao site do jornal britânico "Daily Telegraph", Dunn disse que teve muita sorte.

"Eu me sinto muito sortudo de estar vivo, porque eu fiquei inconsciente com a força do impacto e quanto eu acordei, o carro estava no fundo do lago", afirmou Dunn ao site.

"A coisa toda foi um pouco como um filme de James Bond - eu saí do carro e nadei até a superfície - meus pulmões pareciam que iam explodir e meu peito ainda está doendo."


fonte:BBC Brasil

Às amigas e aos amigos

Aos que me visitam, peço paciência, aos que visito também.

Ando me esforçando para postar aqui no blog, porque gosto, porque é um vício bom, e porque é parecido com ginástica, libera serotonina e endorfina, coisa que os cientistas que habitualmente noticio aqui no Nuvens ainda não conseguiram explicar.

Mas tenho consciência que a frequência dos meus posts e a quantidade e qualidade já não são mais as mesmas, e para dificultar a minha cabeça, que não anda lá muito boa, agora tenho problemas de saúde na minha casa, o que diminue ainda mais meu tempo, mas prometo a vocês continuar por aqui e visitando os que gosto e admiro. Beijos a todas e todos!



sexta-feira, 18 de abril de 2008



Ele é uma gracinha! E a voz? Ai, ai...(suspiro) Bom fim de semana! Beijos a todos!


fonte:YouTube

Bilhete


Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...


Mario Quintana
foto: Angelicatas

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Pra rir um bocadinho

Quem gosta de patinação no gelo ou acompanha as Olimpíadas de Inverno conhece Evgeni Plushenko e inclusive esse vídeo. Não vou dizer mais nada, assistam!




fonte:YouTube

Anotações pessoais de Darwin são colocadas online

A primeira versão do livro Teoria da Evolução, de Charles Darwin, pode ser lida online pela primeira vez a partir desta quinta-feira.



O texto está entre milhares de anotações pessoais do cientista que antes só estavam disponíveis a cientistas da Universidade de Cambridge e agora podem ser lidas no site http://darwin-online.org.uk/.

A publicação das anotações pessoais de Darwin é a maior da história, com cerca de 20 mil itens e quase 90 mil imagens.



O material original é mantido pela biblioteca da Universidade de Cambridge, que decidiu disponibilizar o material online.

A coleção inclui, por exemplo, textos como observações do cientista sobre os pássaros de Galápagos e os primeiros registros das dúvidas de Darwin sobre a permanência das espécies.

No site, o usuário também pode ver fotos de Darwin e sua família, recortes de jornais, críticas dos livros do cientista e até mesmo um livro de receita de Emma Darwin.

"Charles Darwin é um dos cientistas mais influentes da história. A coletânea de suas anotações online é extremamente importante e muito excitante", disse John van Wyhe, especialista da Universidade de Cambridge que idealizou o projeto.

O arquivo online é tão grande que, mesmo se o usuário conseguisse ver uma imagem por minuto, ainda levaria mais de dois meses para ver todo o material.

"Darwin mudou o nosso entendimento sobre a natureza para sempre. Suas anotações revelam como as suas pesquisas eram detalhadas. A divulgação dessas anotações online marca uma revolução no acesso do público - e, possivelmente, no apreço - a uma das mais importantes coletâneas de materiais originais na história da ciência", completou van Wyhe.


fonte:BBC Brasil

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Pinturas em tecido de Burle Marx são expostas em SP

A partir desta terça-feira (15) tem início em São Paulo mostra que traz pinturas sobre tecido feitas pelo paisagista Roberto Burle Marx (1909 - 1994).

O objetivo da exposição, chamada "Burle Marx e o Jardim Monumental", é revelar um aspecto menos conhecido do trabalho do artista, que, além da pintura, também trabalhou com arquitetura, design e cerâmica.

A exposição conta com 13 obras de grandes dimensões feitas por Marx nas décadas de 1980 e 1990. De acordo com o curador da mostra, Antonio Carlos Abdallah, "as telas se assemelham aos jardins projetados por Burle Marx", pois trazem "linhas curvas, sobreposições de níveis e uma harmonia de cores". Os trabalhos exibidos vieram de galerias e de acervos pessoais de colecionadores.

A mostra "Burle Marx e o Jardim Monumental" vai até o dia 15 de maio no saguão do Edifício Altino Arantes, e pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 10h às 17h.



"BURLE MARX E O JARDIM MONUMENTAL"
»Quando:
De 15/4 a 15/5
»Onde: Edifício Altino Arantes
Rua João Brícola, 24, Centro
»Quanto: entrada gratuita
»Informações: tel.: 0/XX/11 3249-7466)


fonte:UOL

Tempo, tempo, tempo


Quero pedir desculpas a quem passa por aqui e não vê esse blog atualizado como deveria. Ando administrando mal meu tempo. Prometo voltar a ser, o mais breve possível, uma boa menina. Beijos a todos.



terça-feira, 15 de abril de 2008



...Não me falou em amor. Essa palavra de luxo.


Adélia Prado
foto: Agnieszka Motyka

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Como é ruim sentir dor

Acessórios corretos ajudam a prevenir lesões por esforços repetitivos


Sou viciada em tecnologia e por esse motivo, vira e mexe estou grudada frente à tela do meu computador. Não sofro de nenhum tipo de lesão por movimentos repetitivos - ainda - mas sofro com os meus biquinhos de papagaio, que vez por outra "gritam". Uma amiga, mázinha, diz que é culpa da PDV, meu médico confirma, mas com outras palavras.

Segundo meu ortopedista, o ideal seria nos levantarmos a cada meia hora que ficamos a frente do computador para fazermos exercícios básicos de alongamento, porque muito tempo sentado sobrecarrega a coluna lombar.

E logo eu fui ler essa notícia, pronto! Caí entao no inevitável assim que li a notícia: publicá-la aqui. Vamos a isso!

. . .


A história é quase sempre a mesma: as dores começam no punho, caminham pelos braços, atingem o cotovelo, os ombros, as costas e, só então, a pessoa que fica o dia todo em frente ao computador começa a prestar atenção no seu ambiente de trabalho. É nesse momento — às vezes tarde demais — que começa a corrida na busca de produtos ergonômicos, como teclados, mouses e monitores, que ajudam o corpo a trabalhar fazendo o mínimo de esforço o possível.


Para ajudar na escolha de produtos corretos antes que as dores comecem a aparecer, o UOL Tecnologia ouviu cinco especialistas em ergonomia. Eles que deram lições valiosas sobre acessórios que podem ajudar a evitar Lesões por Esforços Repetitivos (LER) ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT). Também levantamos exercícios simples, para serem feitos no dia-a-dia, que evitam (ou amenizam) as dores.

Posição e equipamentos ideais
Uma dos princípios mais básicos explicados pelos ergonomistas é que não existe posição correta na frente do computador. "A postura mais adequada ao trabalhador é aquela que ele escolhe livremente e que pode ser variada ao longo do tempo", resume uma nota técnica da Comissão Nacional de Ergonomia, ligada a Ministério do Trabalho e Emprego.

Outra regra fundamental é que também não há equipamento que se encaixe bem em qualquer um. Da mesma forma que o tamanho e o formato dos corpos variam de pessoa para pessoa, os acessórios utilizados com o computador — teclado, mouse, monitor, cadeira, apoios, etc — também devem ser diferentes dependendo de quem usa.

Por causa disso, escolher esse tipo de produto pela Internet pode não ser um bom negócio. "Quando você compra um carro, faz um test-drive. Quando vai comprar esses produtos, tem que testar também.", explica a fisioterapeuta e consultora em ergonomia Kamilla Sartore.

Mas, mesmo sem haver regras específicas sobre como se posicionar corretamente, sabemos que aquele "jeito esparramado" na cadeira traz complicações para as costas e, até mesmo, membros inferiores. Estar atento para a posição correta ao sentar, como movimentamos o mouse e o teclado podem ser os primeiros passos para evitar as doenças causadas por esforços repetitivos e problemas na coluna.

Luvas ortopédicas
Um erro muito comum de quem começa a sentir dores é utilizar por conta própria acessórios ortopédicos, como talas para os punhos, cintas para os ombros ou faixas abdominais. Esses produtos podem imobilizar os músculos e tendões lesados, fazendo com que fiquem mais fracos.

"Se o indivíduo tem dor, o ideal é não mascarar a dor, mas entender a fonte dela. O uso de uma faixa, por exemplo, pode fazer a pessoa estabilizar a dor sem que o motivo seja eliminado.", ensina a médica Ada Ávila, que é professora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Fatores externos
Apesar da utilização de acessórios adequados ajudar muito na prevenção de lesões, todos os especialistas concordam que só isso não é suficiente. Bons hábitos de vida, como alimentação saudável e tempo livre para lazer e descanso são fundamentais.

"Só a mudança de equipamento não adianta. É necessário mudar o modo de trabalho e o cotidiano. Não adianta a pessoa fumar, ser sedentária e ficar horas na frente do computador sem uma pausa.", afirma Maria Santos, terapeuta ocupacional e professora do Centro Universitário São Camilo.

Exercícios


Alongar o pescoço: inclinar a cabeça, segurá-la com a mão e contar lentamente até 10. Repetir para o outro lado


Alongar pernas: apóie-se na parede ou numa cadeira, flexione a perna para trás e segure com a mão mantendo-a alinhada a outra perna. Conte até 10, repita para a outra perna


Alongar punhos: de frente para a mesa, mãos apoiadas, vire-as em sua direção contando até 10


Alongar ombros: estique o braço direito e segure-o com a mão esquerda contando até 10. Repetir para o outro braço.



fonte:UOL

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Ne Me Quitte Pas pour Nina Simone



Voltou a chover. Hoje estou melancólica. Vou dormir pra ver se passa.


fonte:YouTube

Como é o seu rosto?

Rosto pode indicar intenções de relacionamento


O rosto pode indicar a atitude de uma pessoa frente a relacionamentos, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira no "Journal of Evolution and Human Behaviour".

O estudo concluiu, por exemplo, que as mulheres vêem homens com maxilar mais quadrado, nariz maior e olhos menores como menos dispostos a ter um relacionamento sério e mais abertos a sexo sem compromisso.

Para as mulheres, a imagem da esquerda indica uma tendência maior a relacionamentos sexuais de longo prazo


Os pesquisadores das universidades britânicas de St. Aberdeen, St. Andrews e Durham entrevistaram 700 pessoas heterossexuais na faixa etária de 20 e poucos anos.

Os pesquisadores mostraram aos participantes pares de fotografias e pediram que eles indicassem qual rosto acreditavam ser de uma pessoa mais aberta a relações sexuais curtas ou sexo sem amor e qual parecia ser de uma pessoa mais inclinada a ter relacionamentos sérios.

As respostas foram então comparadas com a real atitude frente a relacionamentos das pessoas mostradas nas fotografias, com base em um questionário feito anteriormente.

Para os homens, a imagem da direita indica uma tendência maior a relacionamentos sexuais de curto prazo


Os pesquisadores afirmam que muitos puderam indicar com precisão quem era mais interessado em qual tipo de relacionamento.

Segundo os pesquisadores, as pessoas usam essa percepção para selecionar seus parceiros, dependendo do que tipo de relacionamento que buscam.

Preferência

Os participantes também indicaram qual rosto parecia ser mais feminino ou mais masculino e, no geral, qual parecia ser mais atraente.

Os homens indicaram uma preferência por mulheres que pensam, ao olhar para o rosto delas, estar abertas para relacionamentos sexuais de curto prazo. Já as mulheres estariam em busca do oposto.

O estudo revelou também que a maioria das mulheres acha os homens com rostos que indicam um certo nível de promiscuidade pouco atraentes, tanto para relações rápidas como para relacionamentos longos.

"Esse estudo mostra que a impressão inicial que temos das pessoas pode fazer parte da nossa avaliação sobre potenciais parceiros ou potenciais rivais", afirma Lynda Boothroyd, da Universidade de Durham.

Bem Jones, da Universidade de Aberdeen, diz que outros estudos já haviam indicado que é possível perceber várias características pessoais, como condições de saúde e traços de personalidade, como introversão, apenas ao olhar para o rosto da pessoa.

"Mas esse é o primeiro estudo a mostrar que as pessoas também percebem sinais faciais sutis sobre o tipo de relacionamento que os outros querem ter", afirma.



fonte:BBC Brasil

Bens de traficante são arrematados num bazar

Relógio do megatraficante Abadía é arrematado por R$ 97 mil


Com ares de evento social, os bens mais caros do megatraficante de drogas colombiano Juan Carlos Ramírez Abadía foram a leilão ontem à noite, no Jockey Club de São Paulo. Um relógio Bvlgari foi arrematado por R$ 97 mil.

Também foram vendidos um Jeep Willys-Overland ano 79 (R$ 27,8 mil), uma Ford Rural Willys ano 69 (R$ 37 mil), três bicicletas, três televisores de projeção e outras oito dezenas de relógios. "Mais de R$ 90 mil no relógio de um traficante? Mas nem morto...", surpreendeu-se um dos garçons do evento.

Esta bota foi um dos itens arrematados no leilão


Foram servidos uísque e petiscos à vontade. Cerca de 400 pessoas - todas previamente cadastradas, para evitar confusão - lotaram o salão de leilões do Jockey Club. Duas horas depois do início do evento, metade havia ido embora.

Abadía era procurado internacionalmente. Foi preso no ano passado, no Brasil, junto com sua mulher, e condenado a 30 anos de prisão.

Até as 22h15, haviam sido arrecadados R$ 135.350. Alguns produtos não foram vendidos porque ninguém quis pagar o lance mínimo. Foi o caso de um relógio Breguet de R$ 120 mil. "Esqueçam de quem foi esse relógio. Pensei que o que vocês estão fazendo aqui é filantropia", tentava animar o leiloeiro.

Família observa catálogo de relógios


Por decisão da Justiça, o dinheiro arrecadado será doado a instituições de caridade.

Bazar
Bens mais baratos do traficante foram vendidos em um bazar, ontem e anteontem. A notícia levou cerca de 5.000 pessoas aos portões do Jockey Club anteontem. Apenas 500 puderam entrar. No primeiro dia, 75% dos bens de Abadía foram comprados, totalizando R$ 220 mil.

A caminhonete foi recheada de acessórios pelo traficante preso


Foram postos à venda móveis, roupas, sapatos, malas, eletrodomésticos, quadros, colchões, aparelhos de jantar, televisões e DVDs, entre muitos outros itens - sendo a maior parte de luxo e com descontos médios de 70%.

A idéia inicial dos organizadores era que o brechó continuasse aberto até o domingo. No entanto, a procura foi tão grande que todos os produtos se esgotaram ontem, no segundo dia de vendas.

Foram servidos uísque e petiscos à vontade


As pessoas que conseguiram entrar no Jockey levaram até mesmo as cuecas de Abadía. Passadas apenas duas horas da abertura do brechó, todas as 300 peças haviam sido compradas, cada uma por R$ 1. Ainda não se contabilizou a cifra final arrecadada.

Mais imagens do bazar, aqui.

n.r.: cuecas? fico sem palavras...


fonte:Folha Online

terça-feira, 8 de abril de 2008

Mostra alemã reúne fotos do Brasil dos anos 40 aos 70

Uma exposição na cidade alemã de Chemnitz apresenta fotos do cotidiano do Brasil nos anos 40 aos 70 feitas pelo fotógrafo Hans Günter Flieg, um alemão que se naturalizou brasileiro.



Flieg emigrou para o Brasil fugindo do nazismo e fez carreira em São Paulo, fotografando para jornais e para várias empresas.

Esta é a primeira vez que a obra do fotógrafo está sendo exposta na Europa – justamente em sua cidade natal Chemnitz, no leste da Alemanha.

A mostra traz fotos dos anos 40 aos anos 70, que mostram o cotidiano urbano da época e também a pujança da economia.



"Flieg documenta a transformação do Brasil em uma moderna potência industrial", dizem os organizadores da mostra na pinacoteca Kunstsammlungen Chemnitz.

Judeus
A família do fotógrafo, de origem judia, emigrou de Chemnitz para o Brasil em 1939, quando ele tinha 16 anos.



Flieg começou a trabalhar como fotógrafo profissional em 1943, fazendo fotos para indústrias e para agências de propaganda.

Ele foi o fotógrafo oficial do primeiro calendário brasileiro da Pirelli em 1948 e da primeira Bienal de São Paulo em 1951.

Vários de seus trabalhos em branco e preto documentam a arquitetura industrial da época e mostram retratos de trabalhadores.

Muitas fotos são ambientadas em São Paulo, aonde o fotógrafo ainda mora. Entre elas estão um panorama do vale do Anhangabaú e a construção do edifício Vitória-Régia, no centro da cidade.

Hans Günter Flieg se naturalizou brasileiro em 1965 e diz que "nunca se arrependeu disso".

Este ano ele retornou à Alemanha pela primeira vez desde que emigrou em 1939 para a inauguração da mostra.

A exposição fica em cartaz na Kustsammlungen Chemnitz até o dia primeiro de junho de 2008.


fonte:BBC Brasil

segunda-feira, 7 de abril de 2008



Não. Não tenho limites.
Quero de tudo
Tudo.
O ramo que sacudo
Fica varejado.
Já nascido em pecado,
Todos são naturais
À minha condição,
Que quando, por excepção,
Os não pratico
É que me mortifico.
Alma perdida
Antes de se perder,
Sou uma fonte incontida
De viver.
E o que redime a vida
É ela não caber
Em nenhuma medida.



Miguel Torga
foto: Bogdan Jarocki

sábado, 5 de abril de 2008

Chico por Elis

Tatuagem




Linda!


fonte:YouTube

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Pesquisadores encontram novas espécies de vertebrados do cerrado

Pelo menos 14 novas espécies de vertebrados foram descobertos por uma equipe de pesquisadores na Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins (EESGT), a segunda maior unidade de conservação do cerrado, com 716 mil hectares.

Espécie não descrita de sapo de chifre, do gênero Proceratophrys


A expedição, que durou cerca de um mês, mapeou 440 espécies, incluindo animais ameaçadas de extinção, como a arara azul grande, a suçuapara, o tatu-bola, o pato-mergulhão e o inhambu carapé.

Esta espécie de anfíbio (Corythomantis greeningi) é raramente encontrada no Cerrado


A equipe foi composta por 26 pesquisadores da Universidade de São Paulo, do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, da Universidade Federal de São Carlos, da Universidade Federal do Tocantins e da ONG Conservação Internacional (CI-Brasil).

O lagarto Stenocercus quinarius


O biólogo Cristiano Nogueira, do Programa Cerrado-Pantanal da CI-Brasil, afirma que a equipe coletou dados em mais de 20 localidades da EESGT e de seu entorno, nos estados da Bahia e do Tocantins.

Anfíbio do gênero Phyllomedusa


Até mesmo no grupo dos lagartos, relativamente bem conhecido devido às amostragens recentes na região do Jalapão e no cerrado, foram encontradas espécies desconhecidas e novos registros de distribuição.

Uma espécie de lagarto recém-descrita por membros da equipe e conhecida de poucas regiões do Cerrado foi encontrada, por exemplo, na porção mais ameaçada da unidade, no planalto da Serra Geral na Bahia.

Os resultados consolidados serão utilizados como subsídio para a elaboração do plano de manejo da estação ecológica, criada em 2001, e ainda em fase de implantação. "É importante ter conhecer melhor nossas áreas protegidas, especialmente as estações ecológicas, para conhecimento científico sobre a biodiversidade brasileira, tão pouco estudada e já ameaçada", comenta Nogueira.

A expedição é parte de um projeto financiado pela Fundação O Boticário de Conservação da Natureza, com o apoio da ONG Pequi - Pesquisa e Conservação do Cerrado.

n.r.: eu ainda arriscaria dar uma bitoca no sapinho verde na esperança dele virar um príncipe, mas no outro...tem uma cara de mau...


fonte:UOL

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Livros são tema de exposição coletiva em Fortaleza

A partir de quarta-feira, dia 2, o Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza recebe exposição coletiva "Livros...", com participação de Ribeiro, Herbert Rolim, Júlio Lira, Márcia Belchior, Murilo Maia, Rafael Limaverde, Simone Barreto e Solon Ribeiro.

Trabalho de Júlio Lira utiliza literatura e fotografia para contar a história da personagem Berenice


Com o tema comum, os artistas utilizam diferentes técnicas e abordagem sobre os livros criando objetos e experiências diferentes.

Obra de Herbert Rolim utiliza blocos de rapadura de diferentes cores e tamanhos


Aristides Ribeiro, por exemplo, utiliza gravuras e carimbos para transformar o livro em algo composto por diversas linguagens. Já Murilo Maia, organizador da exposição, expõe um livro feito de velcro, sugerindo ao visitante que utilize o objeto para fazer barulho.

A mostra fica em cartaz até 25 de maio, em Fortaleza.

Trabalho de Rafael Limaverde, parte da exposição


"LIVROS..."

»Quando: de 2/4 a 25/5
»Onde: Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza
R. Floriano Peixoto, 941, 3º andar - Centro.
»Quanto: entrada franca
»Informação:Tel. (0/xx/85) 3464-3108


fonte:UOL

terça-feira, 1 de abril de 2008

"Marrocos" no Museu de Arte Brasileira, em S.Paulo

Raridades e produção contemporânea do Marrocos integram mostra em SP


Mais de 500 obras serão expostas até o dia 22 de junho na mostra "Marrocos", em cartaz no Museu de Arte Brasileira da FAAP, em São Paulo.

Acrílico sobre tela de Ilias Selfati


Dividida em quatro segmentos - origens, artes tradicionais, olhar de pintores viajantes e arte contemporânea -, a exposição tem a intenção de contar a história do país africano por meio da arte.

A seção dedicada a trabalhos de estrangeiros sobre o país inclui gravuras de Eugène Delacroix e abrange trabalhos da segunda metade do século 19 à metade do século 20.

Caligrafia em tinta preta de manuscrito do século 19


Entre as peças que serão expostas em "Marrocos" há pinturas, fotografias, esculturas, detalhes arquitetônicos e jóias, além de objetos domésticos como vasos, almofadas, estantes e tapetes.

"Marrocos" pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 10h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h.

"Africaindream", pintura a óleo sobre tela de Monica Abdelali

"MARROCOS" NA FAAP
»Quando: 31/3 a 22/6
»Onde: Rua Alagoas, 903, Higienópolis
»Quanto: entrada gratuita
»Informações: 0/XX/11 3662-7198

fonte:UOL

Mostra "Estamira" é destaque na Espanha

Aproximadamente 30 fotografias em preto e branco e um documentário compõem a mostra "Estamira", baseada na obra do brasileiro Marcos Prado, com a qual se iniciam as atividades da Segunda Semana Brasileira na cidade de Múrcia, na Espanha.


Após o sucesso da última edição, a Semana Brasileira repete a experiência com atividades e oficinas relacionadas à cultura brasileira, informou hoje a responsável pela área cultural da Prefeitura de Múrcia, Fátima Barnuevo.

Estamira", que permanecerá até 30 de abril no Centro Municipal Puertas de Castilla, conta com uma série de painéis narrativos e com a exibição de documentário homônimo, dirigido por Prado e relacionado a suas fotografias.

"Estamira é uma mulher esquizofrênica que trabalha há 20 anos em um aterro sanitário no Rio de Janeiro", explicou Barnuevo. Barnuevo se refere ao aterro sanitário do Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Segundo ela, o documentário tenta mostrar como as pessoas abandonadas também podem transmitir valores fundamentais e "às vezes muito esquecidos pela sociedade".

Dentro da Segunda Semana Brasileira, o Centro Municipal Puertas de Castilla também receberá a partir de hoje um ciclo de cinema brasileiro independente, o "Festival do Minuto", dirigido por Marcelo Masago.


fonte:EFE
Ocorreu um erro neste gadget
Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.