quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

Quarta-feira de Cinzas

Fim de noite. Fim de Carnaval. Quarta-feira de Cinzas. Vamos fechar com Chico?


Noite dos Mascarados
- Quem é você?
- Adivinha se gosta de mim
Hoje os dois mascarados procuram os seus namorados perguntando assim:
- Quem é você, diga logo...
- ...que eu quero saber o seu jogo
- ...que eu quero morrer no seu bloco...
- ...que eu quero me arder no seu fogo
- Eu sou seresteiro, poeta e cantor
- O meu tempo inteiro, só zombo do amor
- Eu tenho um pandeiro
- Só quero um violão
- Eu nado em dinheiro
- Não tenho um tostão...Fui porta-estandarte, não sei mais dançar
- Eu, modéstia à parte, nasci prá sambar
- Eu sou tão menina
- Meu tempo passou
- Eu sou colombina
- Eu sou pierrô
Mas é carnaval, não me diga mais quem é você
Amanhã tudo volta ao normal
Deixa a festa acabar, deixa o barco correr, deixa o dia raiar
Que hoje eu sou da maneira que você me quer
O que você pedir eu lhe dou
Seja você quem for, seja o que Deus quiser
Seja você quem for, seja o que Deus quiser



Chico Buarque
foto:Carnaval em Veneza



n.r.: eu não gosto de Carnaval, ou não gostava. Por isso, tenho de admitir: o Carnaval de rua, com blocos pequenos, o "Carnaval de antigamente" é muuuuito bacana; "Gigantes da Lira", "Laranjada"...

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.