sexta-feira, 28 de julho de 2006

Mostra britânica traz os seres 'mais letais' do mundo

Alguns dos seres mais letais da natureza estão em exposição em uma mostra especial do Museu Zoológico Walter Rothschild, na cidade de Tring, na Grã-Bretanha.

Batizada de Terrores Tóxicos do Mundo, a mostra apresenta animais, plantas e minerais venenosos. A criatura mais mortal do planeta, a água-viva australiana Box Jellyfish (ao lado), está presente. Ela pode matar um ser humano em três minutos.

A mostra tem um caráter didático. Ela explica aos visitantes como as criaturas desenvolveram seus venenos.

As plantas são uma parte importante da exposição. A Hemlock, nativa do continente americano, era conhecida dos índios, que utilizavam seu veneno em suas flechas.

São exibidos também minerais como o arsênico, que pode matar um humano que ingerir uma quantidade do tamanho de uma uva. A exibição mostra como o conhecimento dos venenos pode beneficiar a humanidade. O arsênico, por exemplo, vem sendo usado recentemente no combate ao câncer.

A exposição fica em cartaz até o dia 3 de dezembro.



n.r.: se esqueceram do mais letal de todos os seres do planeta, o ser-humano, que desenvolve seu veneno ao longo dos séculos numa autofagia constante, e vem se tornando cada vez mais forte, mais letal. Em dias, esse ser esquecido pela exposição, conseguiu matar centenas de pessoas, a maioria civis libaneses, inocentes, sem chegar a tocá-las com suas próprias mãos. Me sinto como outros tantos, de mãos atadas. Acho que diante disso, só podemos rezar, cada um dentro da sua crença, e os que não creem podem desejar, porque nosso objetivo, que é o de cessar-fogo, é o mesmo.


fonte: BBC Brasil

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.