quarta-feira, 19 de julho de 2006

Arte em luto por Raul Cortez


Admiro alguns artistas principalmente, mas não só, pelo seu trabalho, como também pelas suas atitudes e comportamento que vez por outra vêm a conhecimento público. E eu tinha a estória de um acontecimento guardado que se passou comigo sobre o ator Raul Cortez, embora ele não estivesse presente.

Um dia, quando eu vivia no Porto, em Portugal, entrei numa joalheria na Baixa e mesmo com anos de Portugal, o meu sotaque de brasileira ainda se destacava do meu levíssimo sotaque lusitano e por isso, o dono da loja, um senhor extremamente educado e atencioso, começa a contar-me que o Raul Cortez já estivera ali naquela loja e daí para a frente foi tecendo elogios e mais elogios. Já sabido que era um ótimo ator, nesse caso, os elogios eram à pessoa "Raul Cortez", que por ser tão brasileiro quanto eu, me encheram de orgulho patriótico.

Não me lembro de ter feito comentários sobre o fato, são coisas que sem querer deixamos passar. Embora, sempre que o visse, associava-o a conversa com o senhor da joalheria no Porto. Inevitável. O fato não teria tanto sabor de coisa boa se tivesse acontecido aqui nesta "Terra Brasilis", mas era a impressão de um português sobre um turista que visitava - muitas vezes - sua terra. Por isso, recordar era agradável. E ultimamente temos tão pouco do que nos orgulharmos...

O que eu penso a respeito de perda, quanto à morte, de uma maneira geral e mais ainda quando está relacionada a algum grande valor da arte, li hoje no depoimento de Bárbara Heliodora (crítica de teatro):"Era um ator maravilhoso, ainda poderia fazer muita coisa pela arte".

Site oficial: http://www.raulcortez.com/

No título do post está o link sobre notícias de hoje a respeito desse grande ator.


0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.