quinta-feira, 30 de março de 2006

"South Park" e a seita dos famosos de Hollywood

South Park se vinga de Isaac Hayes e mata Chef

Os criadores do desenho South Park se vingaram do cantor Isaac Hayes, que abandonou o seriado e deixou de fazer a voz de Chef, matando seu personagem de forma cruel após transformá-lo em um pedófilo.

Hayes, um membro da Cientologia, abandonou o seriado em protesto contra um episódio que satirizava a seita. Ele participava de South Park desde seu início, em 1997.

O novo episódio, o primeiro da 10ª série, foi exibido na quarta-feira nos Estados Unidos e mostra Chef recebendo uma lavagem cerebral do “Super Clube de Aventuras” – uma referência velada à Cientologia.

Hayes não participou do episódio. Suas falas foram aparentemente coladas a partir de gravações antigas.

Ao anunciar sua saída do seriado, Hayes disse que o fazia por causa de sua “intolerância e inveja para as crenças religiosas”.

Mas o co-criador Matt Stone disse: “Em dez anos e mais de 150 episódios de South Park, Isaac nunca teve problemas com o seriado por fazer piada com cristãos, muçulmanos, mórmons ou judeus”.

“Ele teve um súbito caso de sensibilidade religiosa quando era sua religião retratada no desenho”, disse ele.

Após a saída de Hayes, a rede de TV americana Comedy Central suspendeu o episódio original, que satirizava mais diretamente a seita e Tom Cruise, também membro da Cientologia.

O incidente levou a boatos de que Cruise teria exigido a suspensão do episódio, o que foi negado por seus agentes.


0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.