quarta-feira, 30 de novembro de 2005

Transplante de rosto

Médicos franceses fazem o 1º transplante de rosto do mundo

A cirurgia teria sido feita no domingo, em um hospital de Amiens, para recuperar o rosto de uma mulher de 38 anos, que tinha perdido o nariz, os lábios e o queixo ao ser atacada por um cachorro.

Na cirurgia, os médicos fizeram implante de pele, gordura e vasos sangüíneos, que foram removidos de um doador morto.

Os médicos informaram que a mulher não vai ficar parecida com o doador e nem com o que ela era antes do ataque. Terá um rosto "híbrido".
A técnica desse tipo de transplante já é conhecida em pesquisas feitas por cientistas dos Estados Unidos, da Grã-Bretanha e da França.

A pele do rosto de outra pessoa é melhor para o transplante, porque é mais parecida do que a pele de outra parte do corpo do paciente, que pode ter textura e cor diferentes.

Mas os médicos vinham evitando levar a técnica adiante por causa da preocupação ética e do impacto psicológico da mudança de aparência para o paciente.

Na Grã-Bretanha, o procedimento não é permitido por causa das preocupações relacionadas com a imunossupressão (a eventual rejeição do tecido que é usado), o impacto psicológico e as conseqüências de uma falha técnica.

Veja mais sobre a matéria aqui.

2 comentários:

JONATAS SILVA.................... disse...

muito legal meus parabens......
quero fazer um convite a voce:
acesse meu blog tambem>:
jonatassilvanv.blogspot.com

deixe um comentario...............

Cris Caetano disse...

Oi, Jonatas. Obrigada.

Vou sim. Abraços

Blog Widget by LinkWithin
 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.